15 de ago de 2012

Primeiro casamento gay budista aconteceu em Taiwan

TAIWN
Primeiro casamento gay budista aconteceu em Taiwan
No sábado, 11, duas mulheres uniram-se numa cerimônia budista, na Ilha de Taiwan. Das religiões tradicionais, o budismo é a única que aceita a união entre pessoas do mesmo sexo, se isso “torna a pessoa mais feliz”. Simples assim!

Foto: Wally Santana/Associated Press

Após sete anos de namoro You Ya-ting (direita) e sua companheira Huang Mei-yu se casaram em uma cerimônia simbólica neste sábado (11) em um templo budista na cidade de Taoyuan, em Taiwan. Foi o primeiro casamento gay budista realizado na ilha, que ainda não reconhece oficialmente a união de pessoas do mesmo sexo

Postado por Toinho de Passira
Fontes: G1, Diário de Notícias, Huffington Post, Notícia UOL

Duas mulheres casaram-se neste sábado em Taiwan, na primeira cerimônia de casamento budista entre pessoas do mesmo sexo. Ativistas dos direitos dos homossexuais esperam que a cerimonia ajude a ilha a se tornar a primeira nação asiática a legalizar o casamento gay.

Fish Huang e You Ya-ting usaram vestidos de noiva tradicionais para dizer o "sim" em frente a uma estátua de Buda e trocaram votos em vez de alianças em um monastério em Taoyuan, no norte de Taiwan. Cerca de 300 monges entoaram sutras para abençoar o casal, ambas por volta dos 30 anos.

A cerimônia foi presidida pela mestre budista Shih Chao-hui, que destacou que a iniciativa era um momento histórico.

"Estamos testemunhando a história. Essas duas mulheres desejam lutar pelo seu destino... superar o preconceito", declarou Shih, conhecida por defender a igualdade social.

Foto: Pichi Chuang/Reuters

You Ya-ting e Huang Mei-yu não trocaram alianças, trocam terços budistas durante cerimônia de casamento

Os pais das noivas, no entanto, não compareceram à cerimônia, mostrando que a pressão social e familiar aos homossexuais ainda é grande. Taiwan é uma das sociedades mais liberais culturalmente no leste asiático. Grupos de defesa dos homossexuais pedem ao governo que a união gay seja legalizada e esperam que a cerimônia seja um incentivo para a iniciativa.

A união civil entre pessoas do mesmo sexo é contestada pelos líderes das principais religiões, credos e profissões de fé do planeta. Católicos, muçulmanos, judeus, hindus, evangélicos e espíritas vêem na união entre homossexuais uma alteração do conceito de família. A exceção são os seguidores do budismo.

Os budistas defendem essa opção se ela "tornar alguém mais feliz".

O presidente da União Budista Nacional de Portugal, Paulo Borges, falando ao Diário de Notícias explica: " De acordo com os princípios do budismo de pretender libertar a mente de tudo o que faz sofrer, nessa perspectiva, se o casamento entre pessoas do mesmo sexo contribuir para tornar alguém mais feliz então somos a favor".

Vida longa e felicidade para Fish Huang e You Ya-ting.

Foto: Pichi Chuang/Reuters

You Ya-ting (esquerda) e Huang Mei-yu posam para foto com amigos e parentes depois da cerimônia simbólica de casamento


Nenhum comentário: