20 de ago de 2012

Suicida-se Tom Scott, o diretor de “Top Gun”

ESTADOS UNIODOS
Suicida-se Tom Scott, o diretor de “Top Gun”
O cineasta britânico Tony Scott, radicado nos Estados Unidos, diretor de vários filme importantes, num gesto suicida, saltou de uma ponte, em Los Angeles, neste domingo, 19

Foto: Associated Press/Daily Mail

Scott, com seu desbotado boné de beisebol vermelho, como era frequentemente visto por trás das câmeras

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Reuters, The Guardian, The Daily Mail, Fox, G1

O cineasta britânico Tony Scott, de 68 anos, diretor de sucessos de Hollywood como "Top Gun" e "Maré Vermelha", morreu no domingo ao pular de uma ponte no porto de Los Angeles, informou o instituto médico legista do condado de Los Angeles.

Nesta segunda-feira (20), o site ABC News informou que o diretor Scott teria um câncer no cérebro inoperável, o que foi negado, em seguida, por sua mulher, Donna Wilson. Ela afirmou, segundo o site TMZ, que o diretor não tinha qualquer tipo de problema de saúde que pudesse tê-lo levado a cometer suicídio.

Testemunhas viram Scott, estacionando seu carro na ponte Vincent Thomas e pulando na água por volta das 12h30 (16h30 de Brasília).

O corpo foi recuperado por policiais do porto pouco antes das 15h e foi posteriormente identificado como sendo o do cineasta e irmão mais novo do também diretor de cinema, Ridley Scott.

Um bilhete foi encontrado no carro de Scott, que Bale disse acreditar ser uma carta de suicídio, embora ele tenha dito que não tinha conhecimento sobre seu conteúdo.

Katherine Rowe, porta-voz do cineasta, disse em um breve comunicado: "Eu posso confirmar que Tony Scott, de fato, faleceu. A família pede que sua privacidade seja respeitada neste momento."

Foto: AFP

Dirigindo Tom Cruise nos set de filmagem de "Top Gun"

Scott, nascido em North Shields, Northumberland, na Inglaterra, e frequentemente visto por trás das câmeras com seu desbotado boné de beisebol vermelho dirigiu mais de 20 filmes e programas de televisão e foi produtor de cerca de 50 títulos.

Tony vivia em Beverly Hills e era irmão do também diretor Ridley Scott.

O filme "Top gun", protagonizado pelo ator Tom Cruise, foi uma das maiores bilheterias da década de 1980 e faturou mais de US$ 340 milhões em bilhetaria ao redor do mundo. Ele começou sua carreira dirigindo comerciais nos anos 70.

Seu primeiro longa, "Fome de viver', foi lançado em 1982 e tinha David Bowie, Catherine Deneuve e Susan Sarandon no elenco. Scott também dirigiu filmes como "Dias de trovão", "Amor à queima roupa", "Incontrolável", "Chamas da vingança", "Um tira da pesada 2" e "Inimigo do estado".

Foto: Mario Anzuoni/Reuters

Cineasta Tony Scott e sua esposa Donna (com quem se casou em 1994) na estreia do filme "O Sequestro do Metrô 123", em Los Angeles, em junho de 2009

Apesar do sucesso comercial e de alguns de seus filmes terem alcançado o status de cult, Scott nunca foi indicado ao Oscar. Além do trabalho no cinema, o britânico produziu séries para a TV, como "The good wife", na qual foi produtor executivo junto com o irmão, e "Numb3rs".

Tony Scott teve uma carreira marcada por filmes de ação, protagonizados por astros de Hollywood, como é o caso de Kevin Costner em "Revenge - A vingança" (1990), Bruce Willis em "O último boy scout" (1991), Robert De Niro em "Estranha obsessão" (1996) e Robert Redford e Brad Pitt em "Jogo de espiões" (2001).

Foto: Divulgação

Dirigindo Denzel Washington em "Chamas da vingança" produzido em 2004

Nos anos 2000, Denzel Washington, com quem havia trabalhado em "Maré vermelha", virou o ator assinatura de Scott. A parceria foi vista em "Chamas da vingança" (2004), "Déjà vu" (2006), "O sequestro do metrô 123" (2009) e "Incontrolável" (2010), o último filme de Tony Scott como diretor.

Seu trabalho mais recente como produtor é o ainda inédito "Out of the furnace", filme cujo protagonista é Christian Bale e que deve estrear ainda em 2012. O elenco do longa ainda conta com Woody Harrelson, Willem Dafoe e Zoe Saldana.

O cineasta tinha mais de 30 projetos na fila, para dirigir ou produzir, entre eles um "Top gun 2", no qual Tom Cruise retomaria o papel original.

Scott deixa dois filhos, que teve com sua terceira mulher, a modelo e atriz Donna Wilson.

Scott foi casado três vezes e deixa dois filhos de seu casamento com a terceira mulher, a atriz e modelo Donna Wilson.

Foto: Arquivo

A ponte Vincent Thomas, em Los Angeles Harbor, de onde Tom Scott saltou para a morte


Nenhum comentário: