12 de ago de 2013

Recebendo com classe, por conta do contribuinte

BRASIL - Pernambuco - Mordomia
Recebendo com classe, por conta do contribuinte
O jornalista Fernando Castilho, deu uma espiada no Portal Transparência de Pernambuco e descobriu que o governo Eduardo Campos gastou em média, em bufet de eventos culturais, cerca de R$ 250 mil mensais, nos últimos 18 meses, haja canapé, vinhos, sucos e uisque

Foto: Luciana Ourique/Ministério da Cultura

GALO DA MADRUGADA: Eduardo e seus convidados no camarote do Governo do Estado: Marta Suplicy, Ministra da Cultura, e Fernando Bezerra Coelho, Ministro da Integração Nacional – conta alta para o contribuinte, quase R$ 400 mil

Postado por Toinho de Passira
Baseado no texto de Fernando Castilho
Fonte: JC Negócios

Para receber seus convidados em grandes eventos como Carnaval, Auto de Natal em Gravatá, Festival de Inverno de Garanhuns e São João de Caruaru, além dos encontros de promoção cultural, o governo de Pernambuco gastou nos últimos 18 meses R$ 4,5 milhões (R$ 4.510.786,39) apenas com serviços de refeições preparadas (bufês), segundo dados disponíveis no Portal da Transparência relativos à prestação de contas da Empetur, Fundarpe e gabinete da Governadoria.

No Carnaval deste ano, para os serviços de bufê na Torre Malakoff, onde foram recebidos os convidados do governo de Pernambuco, a Empetur pagou R$ 388.250,00. No Natal de Gravatá, do ano passado, a Empetur também pagou o bufê, que custou R$ 152.760,00 aos cofres do Estado.

Nos dois casos, e para o gabinete da Governadoria, os serviços foram prestados apenas pela empresa Arcádia Serviços e Representações Ltda., que faturou para o Estado, em 2012, R$ 1.259.703,30 dos quais R$ 721.412,55 apenas para o gabinete do governador Eduardo Campos. Este ano, a empresa já faturou R$ 808.883,04, dos quais R$ 354.010,04 diretamente com o gabinete do governador.

No São João deste ano, a Empetur optou por comprar a cota de patrocínio da festa de Caruaru da ABPA (Antônio Bernardes), no valor de R$ 1, 820 milhão, que forneceu o bufê para os convidados. As despesas com buffê, no Festival de Garanhuns, da Fundarpe, ainda não estão no Portal da Transparência. Mas, nos últimos 18 meses, a fundação contratou serviços da empresa Silvia Dayse da Silva Nogueira para a maioria de seus eventos no valor de R$ 2.268.825,30, em 2012, e R$ 160.145,75 já neste ano.

Consultada, a Secretaria de Imprensa respondeu que as despesas se devem à “atividade do cerimonial do governador e de representação do Estado, à promoção de Pernambuco como destino turístico e difusão cultural do Estado”.

Ah, tá!
*Alteramos o título, acrescentamos subtítulo, foto e legenda e suprimimos parte da publicação original

Nenhum comentário: