14 de nov de 2011

Amy Winehouse estava adotando menina de 10 anos

31/07/2011

INGLATERRA
Amy Winehouse estava adotando menina de 10 anos
Segundo o “Mirror” Amy Winehouse estava no meio da adoção de uma menina pobre St Lucian antes de morrer.

Foto: Mirror

Amy e Dannik eram inseparáveis quando a cantora estava na ilha, diz a avó da menina

Postado por Toinho de Passira
Fonte:Mirror

A cantora Amy Winehouse - encontrada morta em casa, em Londres, no sábado passado, aos 27 anos - planejava adotar Dannika Agostinho, uma menina humilde de 10 anos que conheceu numa viagem ao Caribe. A informação é da edição de domingo do jornal britâncio "Mirror", que entrevistou a menina, sua avô e seu pai.

Segundo a avó da criança, Marjorie Lambert, a cantora já tinha contratado advogados para iniciar o processo de adoção.

Amy tinha feito reserva numa companhia aérea para visitar a menina na próxima semana.

Dannika é filha de mãe solteira, vive em estado de extrema pobreza, e conheceu Amy, quando de uma das estadas da cantora a ilha.

A menina disse que já considera Amy como sua mãe. “Eu a chamava de mãe e ela me chamava de filha. Ela cuidava de mim e nós nos divertimos juntos. Eu a amava e ela me amava”.

“Ela era a pessoa mais incrível e eu estava ansiosa para viver com ela aqui ou em Londres. Eu não posso acreditar que ela se foi. Esta é a pior coisa que já aconteceu comigo.”

Amy encontrou Dannika, em 2009, através da avó paterna da menina, Marjorie Lambert, 57, que dirige um bar na praia, junto ao Resort Village Cotton Bay, onde Amy hospedava-se com muita frequência nos últimos três anos.

A avó declarou: "Amy amou Dannika com todo seu coração. Eu não sei por que Amy afeiçoou-se por Dannika, mas a partir do momento que se conheceram eram inseparáveis. Eles passavam todos os dias jogando, caminhando, subindo e descendo a praia de mãos dadas.

“Amy costumava implorar-me: 'Eu quero adotar Dannika. Eu quero levá-la para a Inglaterra’. "Se ela não tivesse morrido, não há dúvida de que ela estaria aqui em St Lucia completar o processo de adoção”

Foto: Mirror

“Ela não teria feito o que fez a si mesma se Dannika estivesse com ela”. – disse a avó da menina Dannika.

A avó disse que a mãe de Dannika, Nadia Germaine, 31, estava disposta a dar sua filha para adoção porque não conseguia encontrar um emprego e estava lutando para sustentar a sua família. O pai de Dannika, Vic Agostinho, 35 anos, que vive na Alemanha, também foi consultado, por Amy, sobre a adoção.

"Amy me ligou do celular da minha mãe, disse o pai. Ela disse: “Eu amo Dannika tanto. Ela é a garota mais incrível. "

“ Agradeci a Amy para cuidar da minha filha, e ela disse: 'Dannika é quem está cuidando de mim'. Eu não poderia viver sem ela." E por fim disse: “Eu gostaria de sua permissão para adotar Dannika”.

"Obviamente, foi difícil para mim, mas minha mãe me contou sobre Amy e eu sabia que ela poderia dar a minha filha uma vida maravilhosa. Então eu disse que se a minha mãe achava que era uma boa ideia, então eu concordaria”. “Eu também falei com a mãe Dannika e ela disse que iria concordar com a adoção”.

"Amy me ligou mais duas vezes durante o último mês”. “Ela estava falando sério sobre isso”.

"Quando soubemos que ela morreu ficamos chocados, e também lamentamos pela desilusão e desgosto que isso causou a Dannika. Está sendo muito difícil para ela. "

Foto: Mirror

Se ela tivesse permanecido aqui, estou convencido de que ela ainda estaria viva – Marjorie, a avó da menina Dannika.

" Marjorie, a avó da menina, diz ter falado com Amy, na última semana de vida da cantora. Ela estava fazendo planos para voltar ao St Lucia, no próximo mês.

Ela disse: "Diga a todos que estará de volta em St Lucia em breve."

"Eu que estava esperando ela aqui na próxima semana, não pude acreditar quando um amigo em Londres me disse que ela tinha morrido.

"Amy era uma pessoa boa – continuou Marjorie – “Ela queria ajudar a todos. Eu sei que ela tinha seus problemas, mas em St Lucia, ela era uma pessoa muito melhor. Ela estava livre de drogas e tinha uma vida normal aqui. Eu nunca me preocupava com Dannika estar com Amy.”

"Amy nunca foi mais feliz do que quando ela estava em St Lucia. Perdemos tanto dela. Eu continuo achando que ela vai entrar e me dar um grande abraço como sempre costumava fazer."


Nenhum comentário: