19 de set de 2012

Brandon Stanton, o 'Paparazzo de anônimos'

ESTADOS UNIDOS – Nova Iorque - Fotografia
Brandon Stanton, o 'Paparazzo de anônimos'
Um fotógrafo americano retratando o dia a dia de pessoas comuns de Nova York virou uma sensação na internet com seus retratos íntimos, delicados, artísticos e inusitados dos moradores da maior metrópole do mundo

Foto: Bebeto Matthews/ AP Photo/

Brandon Stanton em ação: ele calcula que já fez mais de 5 mil retratos e abordou mais de 10 mil pessoas nas ruas da cidade, pedindo permissão para tirar uma foto.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: BBC Brasil, Huffington Post, Middletown Press, Humans of New York

Brandon Stanton é um fotógrafo novaiorquino que fotografa os habitantes e visitantes da maior metropole do mundo, montando nas redes sociais e num blog fotografico, um fantastico painel humano, cheio de sutilesas, simplicidade e arte.

Ele diz que suas fotografias não “são interessantes por causa das pessoas”. Elas são interessantes por causa da interação estabelecida entre o fotografado e o fotografo.

Foto: Brandon Stanton/Humans of New York

Até agora ele reuniu mais de 1.600 retratos de estranhos nas ruas. No momento está focado em registrar, não apenas a composição da foto, mais também em contar em imagem a história dos personagens, por trás da foto.

A maioria dos fotógrafos que se dispõe a fazer um trabalho semelhante, esconde-se ou camufla-se buscando um flagrante do cotidiano. Stone trabalha na contramão dessa ideia, não fotografa ninguém, sem a devida permissão, cobiçando uma interação um tanto quanto desajeitada, entre ele e os estranhos que retrata.

Enquanto fotografa Stone diz que faz perguntas muito pessoais aos retratados, que surpreendetemente vão respondendo, talvez porque ninguem antes houvesse se interessando por suas histórias.

Foto: Brandon Stanton/Humans of New York

A interação rotineira, por exemplo, acontece assim: "Quando andandava pelo metrô, nesta manhã, deslumbrei-me com Kaleem que gesticulava e gritava a esmo com uma garrafa de bebida na mão. Ela não parecia rude, lembrava mais um maestro gritando com sua orquestra. Então eu lhe perguntei se poderia fotografá-la, ela aceitou de pronto."

Em 2010, Stanton criou um blog – Humans of New York – onde publicava suas imagens. Ele usava as redes sociais para promover o blog.

Foto: Brandon Stanton/Humans of New York

Com o tempo, ele percebeu que tinha mais sucesso publicando as imagens diretamente nas redes sociais – nos sites Facebook e Tumblr. No primeiro ano do projeto, ele conquistou 3 mil amigos no Facebook.

Hoje em dia, ele consegue 3 mil amigos novos no site em apenas um dia. O site, "Humans of New York", tem mais de 150 mil pessoas "curtindo" o projeto.

Foto: Brandon Stanton/Humans of New York

"Qualquer coisa que me faça sorrir, eu coloco no blog. Muitos idosos, muitas crianças, muitos casais, momentos de ternura", disse Stanton à BBC.

Stanton conta que antigamente seu trabalho passava despercebido pela maioria. Mas hoje em dia, muitos nas ruas de Nova York se emocionam quando descobrem que foram clicadas pelas lentes do Humans of New York

"É estranho porque há quatro meses meus horários eram os mesmos e minha rotina diária era igual, mas eu fazia tudo em anonimato. Mas agora, de repente, mesmo sem minha vida ou meu trabalho terem mudado muito, a explosão do meu blog nas redes sociais fez com que muitas pessoas viessem me falar sobre a importância do meu trabalho para elas."

Fotos: Brandon Stanton/Humans of New York


















Confira mais imagens diretamente no Humans of New York


Nenhum comentário: