19 de set de 2012

Privatização de aeroportos: governo anda em círculos, por Míriam Leitão para O Globo

BRASIL - Opinião
Privatização de aeroportos: governo anda em círculos
”O governo errou nessa primeira tacada. E errar com Guarulhos, que poderia ter um grande operador, é doloroso. Percebeu que tinha errado e, então, uma comissão, liderada pela ministra Gleisi Hoffmann, saiu pelo mundo, oferecendo aos grandes operadores serem sócios minoritários da Infraero; mas ninguém se interessou”.

Postado por Toinho de Passira
Texto de Míriam Leitão para O Globo
Fonte: Blog de Miriam Leitão

O governo estuda como fazer a concessão dos aeroportos do Galeão e de Confins. Mas está andando em cículos nessa história e não consegue decolar.

Na primeira licitação, grandes operadoras de aeroportos, com experiência, tentaram entrar no mercado brasileiro, mas o governo fez um modelo ruim, que não exigia comprovação de operação de grande aeroporto. Acabaram ficando as pequenas empresas associadas aos fundos de pensão.

No começo, o governo comemorou a vitória, mas depois viu que não era bem assim. Seria bom aprender com as grandes.

O grupo pequeno, sem experiência, tinha todo o incentivo do mundo para fazer uma proposta bem alta, porque parte do preço seria pago pelo governo, ou seja, pela Infraero. Como entra no consórcio que ganhou, é sócia da dívida. Ficou esquisito. A Infraero ficou endividada e sem capacidade de investir nos outros.

O governo errou nessa primeira tacada. E errar com Guarulhos, que poderia ter um grande operador, é doloroso. Percebeu que tinha errado e, então, uma comissão, liderada pela ministra Gleisi Hoffmann, saiu pelo mundo, oferecendo aos grandes operadores serem sócios minoritários da Infraero; mas ninguém se interessou.

Agora, tentam formular um outro modelo. Pensam num modelo como o da Vale, em que o governo vende, fica minoritário, mas tem uma ação que vale mais do que as outras (golden share) em determinados assuntos.

Com essas idas e vindas, o governo está perdendo tempo. Galeão e Confins precisam de investimento. O que está fazendo é privatização, mas fica com medo dessa palavra, não quer que pareça uma privatização. É preciso aprender com os erros das privatizações anteriores e fazer melhor; tentar fazer diferente só porque é o PT é perda de tempo.


Nenhum comentário: