21 de mai de 2013

Ao lado de Eduardo Campos, Dilma enfatiza que “Brasil está no rumo certo”

BRASIL – Eleição 2014
Ao lado de Eduardo Campos, Dilma enfatiza que
“Brasil está no rumo certo”
Em Suape, ontem pela manhã, usando a entrega do navio “Zumbi dos Palmares”, como palanque eleitoral, a campanha da candidata Dilma inaugurou um novo mantra de campanha, a versão “do Brasil no rumo certo”, que, por improvável coincidência, foi utilizado por todos os oradores, que a antecederam

Charge Lailson (PE)

Postado por Toinho de Passira
Baseado no texto de Jamildo Melo, para o Blog do Jamildo
Fonte: Blog do Jamildo

No seu Blog, Jamildo que se encontrava no evento, comentou que “na campanha do PSB na TV, o governador Eduardo Campos afirmava ser preciso fazer mais pelo Brasil, em uma espécie de cobrança aos petistas e em especial à presidente Dilma. Em março, em Serra Talhada, quando veio pela última vez ao Estado, a presidente deu declarações que foram interpretadas como um troco ao aliado, pedindo lealdade”.

Nesta segunda-feira, sem necessidade de cotoveladas entre os aliados, em um clima de aparente civilidade, na entrega do navio Zumbi dos Palmares, em Suape, os aliados de Dilma martelaram a ideia de que o Brasil está no rumo certo. A presidente não usou o termo, mas fez discursos na mesma linha de raciocínio. Se possível, com bons ventos e em mares tranquilos, como pedia o locutor oficial da festa, em dado momento, com a embarcação já se distanciando do porto de Suape.

“Estamos no rumo certo. Estamos escrevendo a nova história do Brasil”, afirmou o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, sob aplausos.

“Em vez de dar empregos para o estrangeiro, fazemos os navios aqui para criar os empregos aqui”.

Não só autoridades, mais fulgurantes foram escaladas para bater na mesma tecla. No esforço de convencimento em prol da tese, até uma oficial de náutica, Vanessa Cunha, começou o seu discurso na tribuna, afirmando que a conclusão do novo navio só surpreendia aqueles que não acreditaram neste sucesso. “Estamos no rumo certo”, declarou, repetindo o mantra mais ouvido na beira do cais.

Outra operária, líder de grupo no estaleiro e apresentada como representante da Força Metalúrgica, Divanete Maria da Silva, foi mais objetiva ainda. “Demoramos mais para fazer o primeiro navio. Não acontecerá mais. Estamos fazendo mais rápido, estamos fazendo melhor, tenho certeza que vamos fazer melhor ainda”, disse, quase que reformando o slogan do governador socialista.

A presidente Dilma deu um recado direto aos trabalhadores do estaleiro, ou pelo menos os que sobraram, uma vez que muitos foram demitidos e outros admitidos, após os problemas verificados na primeira embarcação, João Cândido.

“Não tenham vergonha. foi importante. Tivemos que aprender. Não se fazia navio no Brasil há muito tempo. Nós superamos os erros. Hoje, temos uma grande indústria naval”, declarou.

Teve mais recados que podem ser interpretados como políticos. No sábado, no Distrito Federal, na inauguração da inacabada Arena Mané Garrincha, a presidente Dilma já havia criticado os pessimistas de plantão. Nesta segunda-feira, em solo pernambucano, no lançamento do navio Zumbi dos Palmares, a presidente Dilma voltou a reclamar dos críticos, ao lado do governador Eduardo Campos, mas sem nominá-los.

“Não acreditem nos pessimistas. Não acreditem nos boatos”, afirmou a presidente, que aproveitou o evento de hoje para dizer que o programa Bolsa Família não teria os pagamentos suspensos. Os boatos começaram no mesmo dia em que o mineiro Aécio Neves assumiu o comando do PSDB. Em todas as eleições nos últimos anos, os petistas acusaram os tucanos de querer abolir o programa.

Nenhum comentário: