9 de set de 2013

Van Gogh inédito é revelado por museu holandês

HOLANDA - Arte
Van Gogh inédito é revelado por museu holandês
A notícia surpreendeu o meio artístico mundial esta segunda-feira de manhã: o Museu Van Gogh, em Amesterdão, revelou a identificação de um novo quadro do pintor holandês. A obra foi pintada na região de Arles, em França, onde Van Gogh viveu em 1888.

Foto: Olaf Kraak / EFE

Detalhe de 'Pôr do Sol em Montmajour', obra inédita de Van Gogh revelada nesta segunda

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Publico, Washington Post, Stern, Reuters

Mais de 120 anos após a morte de Vincent van Gogh, uma pintura inédita do mestre holandês foi revelada nesta segunda-feira. O Museu Van Gogh de Amsterdã, que detém a maior coleção de obras do artista, anunciou a descoberta de um quadro até agora desconhecido do pintor, uma paisagem intitulada Pôr do Sol em Montmajour, que mostra azinheiras retorcidas e uma distante ruína banhada pela luz do entardecer, foi pintada em 1888, quando Van Gogh vivia em Arles, no sul da França.

O diretor do museu, Axel Rüger, disse à imprensa que “uma descoberta desta magnitude nunca aconteceu na história da instituição”. E completou: “É uma raridade que se possa acrescentar uma nova pintura à obra de Van Gogh”.

Foto: Olaf Kraak / EFE

Axel Rüger, diretor do Museu Van Gogh de Amsterdã, apresenta pintura inédita do mestre holandês

Acredita-se que Van Gogh tenha concluído a pintura em 1888, dois anos antes de sua morte, durante um período de sua vida considerado por muitos “como o ponto culminante de sua realização artística”, segundo Rüger.

A pintura, pertencente a um colecionador privado. Em 1991, após ser procurado pelos proprietários para fazer uma avaliação, o Museu Van Gogh concluiu erroneamente, que a tela não era de autoria do artista holandês.

Mas novas pesquisas, incluindo uma análise dos pigmentos e da sua descoloração, além de cartas do próprio Van Gogh, fizeram os especialistas do museu mudarem de ideia.

De acordo com o museu Van Gogh em duas cartas o artista falando da pintura denotava não ter gostado do resultado final, assim como fizerá com outros quadros famosos como "Noite Estrelada" (1889) e " Semeador com sol poente".

A pintura pertencia à coleção de Theo van Gogh, irmão mais novo do artista. Foi vendido em 1901 e em 1910 entrou na posse de um colecionador de arte norueguês. A identidade do atual proprietário não foi divulgada. Vincent van Gogh durante toda sua vida só vendeu um único quadro, por 400 francos franceses.

A pintura agora descoberta, tem um valor incalculável, será exibida no dia 24 de setembro no museu Museu Van Gogh de Amsterdã.

Foto: Reprodução

“Semeador com sol poente" – outra obra "rejeitada" por Van Gogh

Nenhum comentário: