9 de jun de 2013

Afif Domingues vira ministro "pisca-pisca”

BRASIL - Bizarro
Afif vira ministro "pisca-pisca”
A estrategia porca montada pelo ministro e vice-governador de São Paulo, Afif Domingos, acoitado pela presidenta Dilma Rousseff é pedir exoneração todas as vezes que tiver que assumir interinamente o governo do Estado, e regressar ao Ministério quando o governador Geraldo Alckmin, retornar das viagens internacionais. Estranho, burlesco, trágico.

Foto: Wilson Dias/ABr

Afif, crise de identidade, minisitro ou vice-governador?

Postado por Toinho de Passira
Fontes: G1, Veja, Agência Brasil, O Globo

Foi publicada na noite desta sexta-feira (7), em edição extra do Diário Oficial da União (D.O.), a exoneração de Guilherme Afif Domingos (PSD) do cargo de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa.

Não foi resultado de uma faxina de Dilma, mas de uma porca manobra que permitirá ao vice-governador de São Paulo, também Ministro, assuma interinamente o governo estadual, na ausência do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que vai a Paris neste domingo (9).

A presidente Dilma Rousseff assinou a exoneração “a pedido” do próprio ministro, demonstrando concordância com a bizarra situação.

Com isso, ele deixa o cargo temporariamente e pode assumir o governo. Alckmin irá à França participar da apresentação da candidatura da cidade de São Paulo a sede da Expo 2020.

Para voltar ao ministério, Afif terá de ser nomeado novamente pela presidente na quinta-feira (13), quando Alckmin voltará ao país.

Afif se baseou em parecer da Advocacia-Geral da União que indicou que ele poderia ser vice e ministro desde que deixasse a pasta federal quando precisasse assumir o governo interinamente.

O vice-governador de São Paulo disse anteriormente que vai recorrer à exoneração temporária do ministério para assumir o governo estadual na ausência do governador.

Afif tomou posse em 9 de maio como ministro da Micro e Pequena Empresa. Na ocasião, o vice-governador recebeu reafirmou que não pretendia abrir mão do cargo atual para a nova função no ministério.

Está criado no Brasil, a exoneração temporária, uma invenção ridícula e desnecessária do Ministério da Micro e Pequena Empresa, com apoio da Presidência da República e orientação da Advocacia-Geral da União. Não é lindo?
Leia ainda no “thepassiranews”:
Procurador-geral de SP recomenda à Assembleia
cassação do mandato de vice-governador Afif

Nenhum comentário: