24 de jan de 2012

Turbulência num vôo Recife-Miami deixa seis feridos

PERNAMBUCO
Turbulência num vôo Recife-Miami deixa seis feridos
Avião da American Airlines foi sacudido por uma forte turbulência, quando sobrevoava a região sobre o Pará. Na chegada aos EUA, ambulâncias, bombeiros e todo o aparato de emergência aguardava o voo o aeroporto internacional de Miami, que tinha a bordo 136 passageiros e nove tripulantes. Dos feridos, apenas cinco tripulantes foram enviados para hospitais de Miami. Um tripulante e passageiros levemente feridos foram atendidos no aeroporto.

Foto: WPBF.com

Um dos tripulantes do vôo 980 da American Airlines sendo posto numa ambulância para ser conduzido para um hospital em Miami

Postado por Toinho de Passira
Fontes:Jornal Nacional, Achei USA, G1-PE, Avherald , Daily Mail, Miami -CBS

O voo 980 da American Airlines, que decolou do Aeroporto Internacional dos Guararapes, Recife por volta do meio-dia e meia deste domingo, com destino ao Aeroporto Internacional de Miami, encontrou uma forte turbulência, duas horas após a decolagem, quando sobrevoava o estado do Pará.

Segundo Maria Levrant, a porta-voz do aeroporto de Miami, o avião pousou em segurança no seu destino, às 6h30, horário loca, deste domingo, trazendo a bordo 136 passageiros e nove tripulantes.

Segundo um dos passageiros, que a TV CBS americana disse chamar-se Gillas Correa, disse ter sentido uma queda abrupta. Havia muitas pessoas gritando e chorando. “Uma mulher sentada atrás de nós foi jogada no corredor”. Aparentemente, foram os membros da tripulação que levaram a pior no incidente, como eles estavam se movendo no corredor da aeronave recolhendo o material do almoço que acabara de ser servido, foram pegos de surpresa, quando a turbulência aconteceu.

Foto: Captura de video

O passageiro contou os momentos de pânico: “o carrinho de comida foi atirado para o alto e abriu um enorme buraco no teto do avião...”

O passageiro Correa disse que uma das aeromoças aparentemente sofreu ferimentos graves. Ela estava junto ao carrinho de comida, que subiu com a turbulência, fez um buraco enorme no teto do avião e caiu sobre ela.

O voo prosseguiu até o destino, pois a bordo, entre os passageiros havia um médico com experiência em emergência que conseguiu estabilizar os feridos, deixando em condições de sem riscos prosseguirem para serem atendidos quando da chegada ao destino em Miami.

Há, porém, desencontro nas informações, como é comum nestes casos, alguns passageiros insistem em dizer que havia entre os feridos alguns passageiros que estavam sem cinto, na hora da turbulência e foram jogados para o alto, batendo com a cabeça no teto da aeronave se ferindo, a American Airlines, em nota diz que nenhum passageiros ficou ferido e complementa dizendo que apenas três tripulantes ficaram feridos.

A porta-voz do aeroporto, Maria Levrant, porém, informou a imprensa local, no primeiro instante que seis tripulantes ficaram feridos. Um foi atendido na emergência do aeroporto e cinco foram hospitalizados. Um foi levado para o Metropolitan Hospital de Miami, enquanto os outros quatro foram transportados para o Jackson Memorial Hospital.

Foto: Captura de video

A passageira falando a CBS disse: “pensei sim que ia morrer!”

Falando ao Jornal Nacional, por telefone, a psicóloga Glória Pimentel, uma das passageiras, acrescentou que “os passageiros que estavam sem cinto todos ficaram acidentados com corte na testa, corte na cabeça”.

Relatos de pessoas a bordo afirmam que alguns passageiros sofreram só ferimentos leves e optaram por não ir para o hospital.

Quando o avião tocou o solo de Miami, em segurança, felizes por estarem em terra firme os passageiros bateram palmas.


Nenhum comentário: