9 de jan de 2012

Na berlinda, Bezerra deverá dar explicações a Dilma hoje

BRASIL
Na berlinda, Bezerra deverá dar explicações a Dilma hoje
Na berlinda, o ministro pernambucano da Integração Nacional, Bezerra Coelho, ganhou novas denúncias agora é acusado de comprar duas vezes o mesmo terreno com verba pública, quando era prefeito de Petrolina, se explicar as antigas pendengas de ter beneficiado o filho deputado com a aprovação de uma enxurrada de emendas, além de ter destinado 90% das verbas do programa de prevenção de enchentes do Ministério para Pernambuco, sua terrinha natal.

Foto: Pedro Ladeira/Frame/Folhapress

O passado político de Bezerra Coelho começa a pesar no seu presente e a detonar o seu futuro.

Postado por Toinho de Passira
Fontes:VEJA, Folha de São Paulo, Folha de São Paulo, Agência Brasil, O Globo ,Blog do Jamildo, Blog da Folha de Pernambuco

A situação do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, se complicou ainda mais neste final de semana, com a revelação de que ele utilizou verba pública para projetar o filho, deputado Fernando Coelho Filho (PSB), em Petrolina, cidade onde o parlamentar deseja eleger-se prefeito neste ano.

Reportagem publicada na edição deste sábado do jornal Folha de São Paulo, informa que Coelho foi o deputado que teve o maior valor de recursos liberados em 2011 pelo ministério, R$ 9,1 milhões em emendas.

Segundo a reportagem, Coelho foi o único parlamentar que teve todo o dinheiro pedido reservado no Orçamento pelo ministério. A verba irá para ações da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), estatal presidida interinamente pelo irmão de Bezerra, Clementino Coelho. As emendas de 2011 ainda não foram aplicadas, mas as de 2010, também direcionadas à estatal, beneficiaram redutos eleitorais do deputado.

A Codevasf usou 1,3 milhão de reais das emendas do filho de Bezerra para contratar a empresa Hidrosondas, em Petrolina, para furar poços em 92 locais de Pernambuco. O contrato foi assinado pelo superintendente da estatal em Petrolina, Luís Eduardo Frota, indicado pela família do ministro.

Os sítios beneficiados ficam em municípios em que Coelho recebeu quase metade dos seus votos na eleição para a Câmara em 2010.

Foto: Folha de Pernambuco

Deputado Coelhinho Jr., campeão de emendas aprovadas no Ministério do papai

E é afundado em denúncias que o ministro vai se reunir com a presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira. Durante o encontro, Bezerra Coelho deverá apresentar à presidente explicações não só sobre o favorecimento do filho, como também a respeito do vultoso repasse de verbas antienchentes a Pernambuco, seu estado natal, em detrimento de outros estados.

E as denúncias sobre os desmandos de Bezerra não param de surgir. Nesta segunda-feira, o jornal Folha de S. Paulo revela que o ministro comprou por duas vezes o mesmo terreno quando era prefeito de Petrolina – utilizando-se, é claro, de verba pública.

Segundo o jornal, a primeira compra ocorreu em 1996, já no fim do primeiro mandato de Bezerra, por 90.000 reais. A segunda, em 2001, durante sua segunda passagem pela prefeitura. Naquele ano, o terreno custou 110.000 reais aos cofres da cidade. Nas duas ocasiões, o dinheiro, que beneficiou o empresário José Brandão Ramos, foi gasto com a justificativa de transformar o local em um aterro sanitário.

Na terça-feira, o ministro deverá prestar esclarecimentos ao Congresso Nacional. O pedido para ouvi-lo foi protocolado pelo PPS na semana passada, quando vieram à tona acusações de uso político de verbas de prevenção a enchentes. Embora não esteja na lista de regiões com maior risco de inundações, o estado de Pernambuco, berço eleitoral do ministro, recebeu 90% da verba antienchente da pasta.

O caso provocou uma crise entre PT e PSB, partido do ministro. De olho nas eleições deste ano, a presidente Dilma Rousseff atuou para esfriar os ânimos e mandou caciques petistas, que desferiram ataques a Bezerra, saírem em defesa do ministro. Na última sexta-feira, houve rumores na internet de que Bezerra deixaria a Integração. Ele negou a informação pelo Twitter.

O PSB de Pernambuco publicará nesta segunda-feira (9) uma nota de apoio ao integrante da legenda ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, segundo noticiou o Blog do Jamildo. Esse é um sinal a mais que a cabeça do Ministro periga. Como diria o saudoso Drayton Nejanim, ex-prefeito de Caruaru, Bezerra Coelho, dificilmente brincará o carnaval como Ministro da Integração Nacional.


Sobre o tema leia ainda no “thepassiranews”:

Bezerra Coelho enviou 90% da verba para Pernambuco,
Dilma recua evitando confronto direto com PSB


Nenhum comentário: