29 de set de 2010

"Vote Tiririca, ça ne peut pas être pire" – Le Monde

ELEIÇÕES 2010
"Vote Tiririca, ça ne peut pas être pire" – Le Monde
“Vote em Tirirca pior que está não fica”, diz o prestigiado jornal Frances“ Le Monde”, com repercussão em outras publicações francesas, contando a história do palhaço brasileiros, que segundo eles “se revela um dos formidáveis concorrentes das eleições”, que acontecerão no Brasil no próximo domingo

Francisco Everardo Oliveira Silva, 45 anos, aliás Tiririca, "grincheux", diz o Le Monde, tentando traduzir o nome do palhaço, que está entre os 22 500 candidatos as eleições
Postado por Toinho de Passira
Fontes: Folha de São Paulo, Le Monde, Slate

O palhaço Tiririca é o destaque de artigo publicado na edição de quinta-feira (30) do francês "Le Monde", com o título: “Tous les chemins mènent à Brasilia” (Todos os caminhos levam à Brasília).

O correspondente do jornal no Brasil Jean-Pierre Langellier afirma que o candidato do PR à Câmara dos Deputados virou um concorrente importante nas eleições e lembra que sua votação deverá eleger mais dois ou três deputados.

Adianta que como parte do eleitorado é revoltada com os políticos, vista como uma casta privilegiada, considerada incompetente e, muitas vezes, corrupta. Como o voto no Brasil é obrigatório, os eleitores mostraram seu descontentamento enviando um palhaço para o parlamento, como uma bela forma de protesto contra o sistema.

O texto comenta que Tiririca é "Fiel ao personagem que interpreta desde os 8 anos de idade no circo.” Comenta também que o palhaço brasileiro levou o escárnio ao extremo, citando os slogns da campanha: "pior do que está não fica" e o vídeo em que pergunta se os eleitores sabem o que faz um deputado, respondendo que em verdade não sabe, “mas vote em mim e eu lhe direi...”

Em frances isso tudo ficou assim: "Vote Tiririca, ça ne peut pas être pire", ou "Que fait un député fédéral ? En vérité, je ne sais pas. Mais vote pour moi et je te le dirai."

O “Le Monde” diz ainda que o Brasil tem uma tradição de candidatos desse tipo, exóticos, como o rinoceronte Cacareco nas eleições de 1958. Isso porque ele nunca ouviu falar do “Bode Cheiroso” que foi eleito vereador em Jaboatão, nos anos 50, com exatos 468 votos.

O jornalista comenta que os opositores de Tirirca argumentam que são vítimas de um processo injusto e que política é coisa séria. "Colunistas lembram , em vão, que o fenômeno Tiririca, que mistura ignorância e cinismo, foi longe demais."

O jornal europeu ainda cita outros candidatos “folclóricos” inscritos neste pleito, com os ex-jogadores Bebeto e Romário e a atriz pornô Cameron Brasil.

"A lei brasileira permite aos candidatos se registrarem com o apelido de sua escolha, desde que não ofendam ninguém", afirma o jornalista, citando que existem candidatos com nomes como Barack Obama, Nelson Mandela, Pelé, Maradona e até Madonna.

Falando do programa eleitoral gratuito diz que dezenas de candidatos podem viver seus 15 segundos de fama com a maioria tendo apenas cinco segundos para falar.

Nenhum comentário: