15 de nov de 2010

Por que Chico Buarque ganhou o Jabuti?

BRASIL
Por que Chico Buarque ganhou o Jabuti?
Além de escrever o livro “Leite derramado” o escritor teve que abraçara o jaboti, em público. O sacrifício valeu a pena.

Foto: Associated Press

CHICO BUARQUE E A JABOTA - O compositor já foi visto em bem melhores companhias

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Dois em Cena, Veja, O Globo, Blog de Kogut

O compositor Francisco Buarque de Holanda, travestido de escritor, ganhou o terceiro premio Jaboti em sua curta e medíocre carreira literária.

Primeiro foi em 1992, com "Estorvo", depois em 2004 ganhou com “Budapeste” e agora em 2007, com o livro de sugestivo título “Leite Derramado”.

Neste ano, ninguém aguentou mais e caiu de pau dizendo que o prêmio Jaboti da Câmara Brasileira do Livro, norteia sua concessão muito mais por critérios políticos, que literários.

Chico Buarque deve dizer em sua defesa que não tem culpa em ser amigo da “rainha” de “Alice no País das Maravilhas”, aquela que manda cortar cabeças.

Sem querer defender Chico e já defendendo, pode-se dizer que o defeito não está nele, mas na jabota, que vem a ser o feminino de jabuti.

A coisa está ficando feia: por esse "mesmo princípio cultural", por exemplo, indicaram o filme “Lula, filho do Brasil”, para nos representar, na escolha do Oscar de melhor filme estrangeiro.

Não demora e a miss Brasil, o troféu Imprensa, o premio Mambembe, o funcionário do mês, vão ser escolhidos apenas entre as filiadas ou simpatizantes do governo.

Por isso, gente como ator, papagaio de pirata, José de Abreu, sente-se competente para o cargo de Ministro da Cultura, disputando cabeça a cabeça, com o deputado Tiririca, esse último, também cotado para o Ministério da Educação.

”Pior que está não fica...?”


Nenhum comentário: