18 de nov de 2010

O Clube de Livros de Raparigas Nuas

BIZARRO
O Clube de Livros de Raparigas Nuas
Sempre preocupado em proporcionar aos nossos leitores, novidades emocionantes e culturais, descobrimos num Blog de Portugal essa notícia, que reúne os dois elementos.

Foto: Mike White

Um grande incentivo ao saudável hábito da leitura

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Naked Girls Reading, Sol, Dane 101, Olla, Mike White Galegy

Vamos transcrever o texto do Blog português Sol:

“O Clube de Livros de Raparigas Nuas - Naked Girls Book Club - é um evento ao vivo que se espalhou por várias cidades do mundo e que consiste num espectáculo em que mulheres nuas lêem livros para uma audiência. A iniciativa começou em Chicago em Março de 2009.

O clube conta já com milhares de membros e tem como máxima a combinação da beleza com inteligência. Estas mulheres lêem grandes obras da Literatura mundial para uma plateia diversificada.

À medida que os eventos ao vivo foram crescendo, o clube decidiu criar um site para reunir fotografias e críticas literárias”.

Foto: Naked Girls Reading

Embora apostemos que o link de fotos é muito mais consultada que o da parte da crítica literária, ninguém pode negar que a iniciativa pode ser um grande incentivo a leitura.

Há de se perguntar porque tirar a roupa para ler? Nós respondemos: se essas mulheres estivessem vestidas enquanto lessem livros, estariam aqui brilhando no nosso blog? Que é que você tem contra mulher nua?

Incentivar a leitura merece qualquer sacrifício. Se é que isso pode ser considerado sacrifício.

Foto: Naked Girls Reading

Os eventos fazem muito sucesso, pois não é difícil encontrar pseudos ou legítimos intelectuais pervertidos. Lembro quando se justificava comprar a revista Playboy, por que havia bons textos? É o mesmo princípio.

Foto: Mike White

Fica aí a dica para o novo ministro da cultura.


*Sugerimos as nossas leitoras, que adotem essa prática de leitura despida e nos mandem fotos. Acreditem que estarão contribuindo com a cultura brasileira, tão carente de incentivo. Por liberalidade aceitamos até leitoras lendo "Leite derramado", a obra jabuti de Chico Buarque.

Nenhum comentário: