25 de fev de 2010

CUBA - BRASIL: Lula inaugura obra inexistente, inventou PAC cubano

CUBA- BRASIL
Lula inaugura obra inexistente, inventou PAC cubano
O nosso presidente acaba de exportar para Cuba o estilo PAC de inaugurar obras que ainda não existem, mas talvez venham a existir um dia, no porto de Mariel, próximo de Havana. A construtora Odebrecht foi encarregada de fazer a obra, sob o patrocínio do BNDES: Lula se sentiu em casa.

Foto: Ricardo Stuckert/PR

Lula junto com Raúl “inaugurando” uma intenção de obra, criando o PAC cubano, ou seja, inauguraram um documento com intenção de fazer uma obra. Dizem que a Odebrecht já recebeu a metade do dinheiro, deve ser mentira

Fontes: Reuters, Granma, Cuba Ahora, Jornal do Brasil Online, Cuba Si

O objetivo da visita de Lula a Cuba foi visitar Fidel Castro, mas para camuflar o objetivo turístico de mau gosto, montou-se uma agenda oficial, esvaziada, pois essa já é a terceira visita do presidente brasileiro a ilha, nos dois últimos anos.

A visita constou de uma ida ao futuro canteiro de obras da Odebrecht, onde estão programadas obras de melhorias do porto de Mariel, 50 quilômetros a oeste de Havana, mais conhecido por ter sido o local de embarque de milhares de cubanos que participaram de um êxodo para os EUA em 1980, fugindo da sangrenta ditadura de Castro.

Cuba deseja que o local se torne seu principal porto.

A construtora brasileira Odebrecht se dispõe a modernizar estradas, ferrovias e fazer melhorias no cais, dragagem nas docas e armazéns. O valor total do projeto é de 450 milhões de dólares, dos quais 300 milhões serão financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A revista "Cuba Ahora", no seu site, informa que o Brasil já liberou 150 milhões de dólares, do montante destinado as obras.

Não se faz concorrência para obras públicas noutros países, coincidência ou não, esses projetos sempre aparecem nas mãos da Odebrecht.

Depois o pessoal fica estranhando as gordas contribuições de campanha das construtoras ao PT.

Além disso, a Petrobras está prospectando petróleo em águas cubanas e concluiu estudos sísmicos no mês passado, mas ainda não anunciou quando fará perfurações e os jornais cubanos dizem que há possibilidade também da empresa petrolífera brasileira, construir uma refinaria.

O jornal do partido o “Granma” nos revela, sob a intenção de mostrar integração dos dois países, que trabalhão atualmente no Brasil, 43 colaboradores cubanos, em diversas atividades, como educação, esporte, saúde, cultura e agricultura.

Diz também que 626 jovens brasileiros foram formados em Cuba em diversos níveis de ensino desde o início do intercâmbio em matéria de formação profissional e que atualmente, estudam em Cuba, 835 alunos brasileiros.

Interessante essa informação de tentativa de cubanização do Brasil, nós não sabíamos. Será que Cuba é o lugar certo para enviarmos jovens brasileiros para obter formação profissional?

Até agora, o pessoal que estudou em Cuba, como José Dirceu, não foi proveitoso para o nosso país.


Nenhum comentário: