9 de jun de 2012

O PT ainda não tem candidato a Prefeito do Recife

PERNAMBUCO – Eleições 2012
O PT ainda não tem candidato a Prefeito do Recife
Escolhido bionicamente Humberto Costa não consegue convencer como candidato. João da Costa, cassado pelo próprio partido, está muito melhor eleitoralmente hoje, do que era antes. É muito bom ver o PT brigando com o PT, mas por favor decidam com quem querem perder.

Charge : HUMBERTO – Jornal do Comércio (PE)

Postado por Toinho de Passira

Quem é o candidato do PT para as próximas eleições de Prefeito do Recife? Aparentemente poderia se dizer que é o senador Humberto Costa, segundo o decretado pela Executiva Nacional do partido. Mas certas coisas não funcionam por decreto. A incômoda pecha de biônico colou direitinho no senador.

Para piorar as coisas, o atual prefeito João da Costa, o candidato natural, consagrado na prévia, não quer saber de facilitar as coisas. Apesar de cassado, insubordinou-se com a decisão e mantém a candidatura viva, mais viva que a de Humberto.

Na verdade, João da Costa, depois de sofrer essa violência partidária arrebanhou mais simpatizantes e hoje é mais forte eleitoralmente, do que era antes.

Humberto ao participar das prévias apoiando o adversário de João da Costa, o petista Maurício Rands, apadrinhado e aparentado de Eduardo Campos, seguido da sua nomeação goela abaixo, queimou definitivamente o seu filme, junto à ala majoritária do partido em Recife, justamente aqueles que apoiam João da Costa.

O prefeito, por outro lado, não tem pressa em acionar o Diretório Nacional do PT, para contestar a decisão da Executiva Nacional. Na verdade pretende demorar o maior tempo possível. Enquanto essa segunda instancia partidária não se pronuncia em definitivo a candidatura de Humberto Costa fica pendurada na incerteza enquanto João proporcionalmente se fortalece.

O prefeito sabe que as chances de haver uma reversão, são mínimas, quase nenhuma, ele apega-se ao fato do Diretório Nacional ser formado por 84 membros e a Executiva, que decidiu contra ele, ter apenas 22 integrantes. A ténue esperança do prefeito é de que um quórum maior amplie suas chances. Hoje ele é livre atirador, se ganhar maravilha, se perder, já está perdido.

Outro detalhe é que a turma do José Dirceu, que patrocina a candidatura de Humberto, tinha maioria absoluta na executiva, que caçou João, mas é numericamente inferior no Diretório Nacional.

João da Costa está em desvantagem no segundo tempo da prorrogação, mas continua jogando, pois quem sabe, às vezes, como no futebol, a política pode ser uma caixinha de surpresa.


Nenhum comentário: