18 de dez de 2010

Bizarro: Vladimir Putin piano e orquestra

RÚSSIA
Bizarro: Vladimir Putin piano e orquestra
O primeiro ministro russo mostrou que tem uma cara de pau imbatível: aproveitou um evento beneficente para tocar piano e cantar em inglês, "Blueberry Hill" de Louis Amstrong, para uma platéia de astros e puxa sacos. Apesar das infelizes performances fez o maior sucesso. Lula ficou morrendo de inveja

Foto: Aleksey Nikolskyi/Rianovosti/REUTERS

Ao piano, um Putin diferente do que o mundo está acostumado a ver: primário, vacilante, inexperiente e cauteloso

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Diario de Notícias, Ultimo Segundo, O Globo, the New York Times, The Independent

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin aproveitou um evento beneficente que angariava fundos para crianças cancerosas, para cantar e tocar piano.

Segundo a imprensa russa, uma das apresentadoras do concerto dirigiu-se ao dirigente russo e pediu-lhe para que ele participasse do show demonstrando seus dotes artísticos.

Putin recusou-se inúmeras vezes, mas, após forte insistência da apresentadora e depois de ela lhe ter recordado que o primeiro-ministro cantou no encontro com espiões russos expulsos dos Estados Unidos, aceitou o desafio.

Foto: Associated Press

"Eu, tal como a esmagadora maioria das pessoas, não sei cantar, nem tocar, mas gosto de fazer isso. Terão de aguentar", declarou, preparando a platéia.

Depois, sentou-se ao piano e tocou a melodia "Onde começa a Pátria", canção de um conhecido filme de espionagem soviético que Putin cantou no encontro com os agentes russos expulsos recentemente dos Estados Unidos. O dirigente russo interpretou ainda em inglês, acompanhado por uma orquestra de jazz, a canção "Blueberry Hill" de Louis Amstrong.

A platéia composta por astros e estrelas como Sharon Stone, Kevin Costner Monica Belucci, Vincent Cassel, Goldie Hawns, Kurt Russell, Paul Anka, Mickey Rourke, Alain Delon, Ornella Muti e Gerard Depardieu, o incentivaram cantando junto.

No fim do concerto, Putin cantou com todos os artistas que participaram no concerto a canção soviética "A relva do meu jardim", a música preferida dos cosmonautas soviéticos.

Apesar da encenação de um improviso, o jornal inglês "The Independent", diz que Putin "não perde a oportunidade de aparecer na mídia e para o público interno", nem que para isso pague micos como esse.

Veja a reportagem da TV Soviética, sobre a performance de Putin


Nenhum comentário: