2 de jan de 2011

BRASIL – A POSSE: Dilma não merece trégua - Toinho de Passira

BRASIL – A POSSE
Dilma não merece trégua
Hoje, domingo dia 02, faltam 1459 dias para o fim do governo Dilma. Vamos fiscalizá-las sem trégua, desde ontem. Abaixo a corrupção, o clientelismo, a demagógica barata, as obras de fachadas, o dinheiro público usado como barganha para obtenção de apoios políticos. Esse governo é o continuísmo da corrupção partidária, descontrolada e oficializada. Além de tudo, Dilma na presidência representa uma séria ameaça às liberdades democráticas brasileiras.

Foto: Roberto Stukert Filho/PR

Postado por Toinho de Passira
Fontes: O Globo, Agência Brasil, Estadão

Durante a posse viu-se o tom do novo governo. De repente saíram das trevas figuras como José Dirceu, Antonio Palocci e até a ex-ministra da Casa Civil, Erenice Guerra, envolvida em tráfico de influência na Casa Civil. Escondidos durante a campanha eleitoral agora aparecem como estrelas fulgurantes, assumindo altos cargos no novo governo ou convidados de honra para a posse, mesmo que estejam indiciados por desonrosos crimes de corrupção, com pesadas contas a prestar na justiça.

A presidenta no discurso fez questão de saldar os companheiros da guerrilha e lamentou a morte de alguns deles, em desrespeito as vítimas da organização terrorista da qual fazia parte, que enlutou centenas de lares brasileiros.

Ninguém se engane. A chegada de Dilma Rousseff (cognominada Estela, Wanda e Luiza) ao poder, significa uma estranha vitória dos guerrilheiros derrotados, pelas forças de segurança, na década de 70. No dia da posse, numa sala reservada no Itamaraty, a presidente reuniu-se com 17 guerrilheiras companheiras de cela, quando foi encarcerada por terrorismo. Somaram-se mais, gente como os antigos companheiros do grupo terrorista VAR-Palmares - incluindo seu primeiro marido, Cláudio Galeno de Magalhães Linhares.

Hoje Dilma diz que lutava pela redemocratização do país, sob o regime militar. Mas na verdade eles recebiam o apoio de organizações extremistas e governos totalitários, como Cuba e China, para implantarem no Brasil uma ditadura de esquerda, que se bem sucedida, teriam causando um banho de sangue e dividido o país.

Vamos ficar de olho, para que essa gente inescrupulosa não atente, aboletados no poder, contra a democracia brasileira.

A luta dos homens de bem do Brasil tem que se concentrar em democraticamente tirar do poder, via as próximas eleições, essa gente extremista associada à quadrilha petista e peemedebista que se apossaram do poder no Brasil e que tratam a coisa pública como um butim.

É preciso banir da vida pública, definitivamente, e colocar na cadeia alguns desses bandidos, já denunciados e desmascarados como quadrilheiros e malfeitores que agora se atrelam ao novo governo como se inocentes fossem. Estamos falando de gente da fauna José Dirceu, Antônio Palocci, Renan Calheiros e José Sarney.

Pena que a primeira mulher presidente do Brasil, seja alguém tão pouco qualificada para o cargo, com um passado tão funesto e de alianças tão suspeitas. As mulheres mereciam ser bem melhores representadas.

O Brasil está precisando valorizar os líderes de oposição autênticos e identificar novos nomes para integrar a política brasileira. Pessoas comprometidas com a ética, capazes de comandar o Brasil sem envergonhar os brasileiros nem causar sobressaltos à nação.

Por ironia do destino, não podemos desejar que nada de mal aconteça a Dilma Rousseff. Temos que rezar pela sua saúde e longevidade, principalmente que sobreviva até o fim do mandato. Não devemos esquecer que se ela morrer assume o satânico Michel Temer. Essa foi a sacanagem final de Lula.


3 comentários:

Bianca disse...

Vamos sim, Toinho, vamos fiscalizar todos os passos da presidenta, sem dar-lhe um minuto de trégua. Baixe o cacete nessa gente pérfida, sem dó nem piedade.

Anônimo disse...

O que não entendi foi a falta de vergonha: nunca imaginei que Erenice Guerra pudesse comparecer à posse. Onde estava o camburão?

Ajuricaba disse...

Concordo e endosso. Por conta do tratamento de tolerância com o nove dedos é que ele criou essa aura de superpoderes.
No caso dadona deelma, é pau prá comer sabão e pau prá saber que sabão não se come.