1 de out de 2013

Meyrielle Abrantes, miss Pernambuco 2003, ex Jarbas Vasconcelos, vai posar nua na Playboy

BRASIL - Pernambuco - Mulher
Meyrielle Abrantes, miss Pernambuco 2003,
ex Jarbas Vasconcelos, vai posar nua na Playboy
O site da PLAYBOY comentou há muito a publicação namorava a ex-miss Pernambuco, Meyrielle Abrantes, casada com o senador Jarbas Vasconcelos, com a intenção de um ensaio nu. As fotos não aconteceram antes porque, o marido, não aprovava. Recém-separada, Meyrielle afinal aceitou a proposta. Assim, em breve, promete a Playboy, os leitores desvendarão plenamente a beleza antes apenas admirada nos salões da República, fotografada pelo renomado JR Duran.

Foto: Luís Crispino /Playboy

Uma pequena amostra, de Meyriele, na Playboy de abril de 2009

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Extra, Playboy, NE 10, Blog do João Alberto

Meyriele Abrantes, 30 anos, a eterna miss Pernambuco, vencedora do concurso em 2003, representando a cidade de Vitória de Santo Antão, e desde então senhora Jarbas Vasconcelos estará nua no próximo número da revista Playboy.

A bela pernambucana assumiu o cargo de Primeira Dama informal de Pernambuco, cumulativo com o de Miss, durante os três últimos anos do segundo mandato de Jarbas, como governador, e seguiu como mulher do senador, nesses últimos sete anos de mandato do peemedebista no Senado Federal em Brasília.

Meyriele há muito havia sido assediada pela revista, chegou a fazer um ensaio sexy, para a publicação, em 2009, mas sem nudez, evitando o escândalo de posar nua, sendo mulher do importante integrante da oposição brasileira e estridente dissidente do PMDB.

O namoro foi rompido em junho, três meses atrás, de forma irreconciliável, os dois assinaram, há poucos meses, um termo de dissolução da união estável, uma espécie de divórcio, para os não casados oficialmente, rompendo qualquer vinculo definitivamente, segundo ela, em entrevista ao blog do Colunista Social, João Alberto.

Sabedores que não havia mais um impedimento marital, os editores da Playboy não perderam tempo, em convidá-la, para exibir para o Brasil todo, o que só Jarbas viu nos último dez anos.

O contrato foi negociado com o novo editor da Playboy Brasil, Thales Guaracy, na sede da Editora Abril, em São Paulo. Meyri ainda resistiu um pouco, devido a sua ligação evangélica, ela frequenta assiduamente cultos da Igreja Episcopal, em Boa Viagem e principalmente pelo impasse do ensaio, ter que citar a sua ligação amorosa, com o senador Jarbas Vasconcelos.

Em entrevista no Blog de João Alberto, Diário de Pernambuco, no começo do setembro, ainda com as negociações em andamento, ela praticamente descartou a possibilidade de fazer o ensaio e contou como fora a proposta:

”Teria uma chamada na capa, seria ousado e bem bonito. Acho que seria uma coisa de pelo menos quatro páginas. Guaracy (Thales Guaracy, novo diretor da Playboy) disse que minha história com Jarbas não podia ficar de fora. Eu faria (o ensaio), mas não vou falar com Jarbas (para dar o aval). Porque ele também precisaria assinar um documento permitindo divulgar o nome dele. E isso eu acho impossível. Estamos separados e com pouquíssimo contato. Se eu posasse, Jarbas não iria gostar. Fui mulher dele por 10 anos e não quero causar nenhum constrangimento”.

Adiante na, mesma entrevista, ela disse que apesar do tentador cachê, havia praticamente descartado fazer o ensaio.

“Quando eu vim para a reunião na Abril, eu pensei: Deus está na minha frente, confio nos planos Dele para mim. Se for bom para mim, que eu feche (com a Playboy)”.

Ao que parece, a editoria da Playboy, conseguiu convencer e agradar o Deus de Meyriele e ao seu ex-marido o senador Jarbas Vasconcelos, que, ao que parece, acabaram não criando dificuldades para que o ensaio se realizasse.

Em nome dos ononistas anônimos, agradecemos esse gesto altruísta e democrático do senador Jarbas Vasconcelos, de liberar o acesso visual a beleza inconteste de Meyriele Abrantes. Estamos ansiosos e a postos!

Nenhum comentário: