13 de fev de 2012

Abaixo de zero, FEMEN protesta contra monopólio do gás russo

RUSSIA
FEMEN protesta contra monopólio do gás russo
As ativistas do grupo ucraniano Femen movimentaram a sede da empresa de gás russa Gazprom, nesta segunda, 13, protestando de topless, contra o monopólio do gás, exercida com tirania, pela Rússia, em relação a Ucrânia e, toda Europa.

Foto: Natalia Kolesnikova/AFP

As meninas do grupo Femen enfrentaram o frio e os seguranças da empresa russa Gazprom, para protestar contra o preço do gás

Postado por Toinho de Passira
Fontes: NR2, Band, Huffington Post, RT, Femen - live Journal

Nem mesmo o frio de - 22º C foi capaz de barrar o ímpeto ideológico das ativistas do grupo Femen. As manifestantes protestaram fazendo topless, sua marca registrada, na porta da sede da companhia de gás Gazprom, em Moscou, contra o monopólio imposto pela empresa na exportação para a Ucrânia e pelo alto custo do gás russo.

As mulheres exibiam cartazes com os dizeres “Gângsteres do gás", “Acabem com a Gazprom" e “Parem com a extorsão de gás". A sensação térmica no local beirava a quase - 31º C.

Foto: Natalia Kolesnikova/AFP

Os seguranças da companhia reprimiram a manifestação do grupo ucraniano, logo após a invasão das ativistas. Um delas subiu na marquise da empresa e acenou com a bandeira ucraniana, até ser retirada pelos seguranças e ser levada a uma delegacia.

O Femen acusa a Rússia de desenvolver uma política energética terrorista e anti-Ucrâniana.

Foto: Natalia Kolesnikova/AFP

Ativista subiu na marquise da sede Gazprom com uma bandeira da Ucrânia

A disputa entre os dois países pelo gás natural vem sendo discutida desde 2005.

Ao longo dos últimos anos, a Rússia vem diminuindo o bombeamento de gás para os demais países da Europa, e ainda assim aumentando o preço do serviço, fato que vem gerando revoltas em todo o Velho Continente.

Foto: Femen

"Topless são provavelmente a forma mais forte e mais eficaz de protestos pacíficos e não violentos para atrair a atenção", disse Anna Hutsol, um dos líderes FEMEN, a Radio Free Europe / Rádio Liberty, em uma entrevista.

"Você pode jogar uma granada, fazer uma greve de fome, explodir algo ou atirar em alguém. Ou você pode fazer topless", disse Hutsol.

Por ideologia pacifista e visual “thepassiranews” apoia as meninas da Femem, em qualquer temperatura.


Nenhum comentário: