28 de dez de 2011

Cristina Kirchner será operada para extirpar um câncer

ARGENTINA
Cristina Kirchner será operada para extirpar um câncer
O porta-voz do governo argentino anunciou na noite de ontem, que a presidenta argentina havia sido diagnosticada com um câncer, no lóbulo direito da glândula tireoide. O tumor maligno está localizado e encapsulado, o que significa, em tese, que não tem capacidade de causar danos graves. A presidenta será submetida a uma cirurgia, não deverá fazer tratamento quimioterápico e vai ficar, a partir do início de janeiro, 20 dias afastada do cargo.

Foto: Pablo Porciuncula/AFP/Getty Images

Cristina Kirchner, foi reeleita em outubro com 54% dos votos dos eleitores argentinos, para um segundo mandato a frente da Casa Rosada.

Postado por Toinho de Passira
Fontes:El Clarín, La Razon, G1, El Clarin, Pagina 12, La Nacion, Reuters

A presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, de 58 anos, foi diagnosticada como portadora de um câncer na tireoide e será submetida a uma cirurgia no dia 4 de janeiro, informou o porta-voz do governo na noite desta terça-feira.

"Foi detectada a existência de um carcinoma papilar no lobo direito da glândula da tireoide", disse o porta-voz presidencial Alfredo Scoccimarro.

Ele acrescentou que "se constatou a ausência de compromissos nos gânglios linfáticos e a inexistência de metástase", o que significa que não se espalhou.

O porta-voz da presidência acrescentou que a enfermidade foi detectada em exames de rotina no dia 22 de dezembro.

Entre os tumores malignos, cancerígenos, o carcinoma papilar "possui pouca agressividade e representa pouco perigo se diagnostica e tratado a tempo com uma cirurgia, não necessitando de drogas, nem quimioterapia.” – afirma o jornal La Nacion, citando uma importante fonte da Secretaria Geral da Presidência da República.

A intervenção cirúrgica, considerada de médio porte, requerer apenas 72 horas de internação e 20 dias de recuperação.

Foto: Marcos Brindicci/Reuters

Cristina acompanhada do vice-presidente Amado Boudou, que assumirá a presidência durante a sua licença médica.

A presidente vai tirar licença de 20 dias, até 24 de janeiro, como está estabelecido no artigo 88 da Constituição Nacional Argentina, durante esse período de afastamento da titular, exercerá a Presidência o vice-presidente Amado Boudou.

"Se for tudo assim como o comunicado oficial, não deve ter outro problema. A doença está localizada", disse o oncologista Mario Bruno ao canal de televisão TN.

A cirurgia segundo informou a Casa Rosada, a cirurgia se realizará no Hospital Austral de Pilar e será conduzida pelo Dr. Peter Sack. O médico, que tem 27 anos no exercício da profissão, segundo os jornais argentinos, é chefe do Departamento de Cirurgia, Hospital do Sul e chefe do departamento de Cabeça e Pescoço do Instituto de Oncologia Doutor Roffo Anjo, No seu currículo consta que fez Faculdade de Medicina da Universidade Católica da província de Córdoba, fez residência no Hospital Ramos Mejía, Buenos Aires, onde também foi chefe dos residentes e fez estágios, em Houston, Texas, e Nova York em instituições dedicadas ao tratamento do câncer.

Foto: Jorge Silva/Reuters

Cristina ao lado de Hugo Chávez, um dos líderes latino americano diagnosticado com câncer.

O jornais argentinos registram que a presidenta Cristina Fernández de Kirchner, não é o único líder político da região diagnosticado com câncer. Citam os casos do venezuelano Hugo Chávez, do paraguaio Fernando Lugo, e os brasileiros Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Por último, Álvaro Uribe, o ex-presidente da Colômbia, que padece de uma infecção chamada queratose pré-cancerosa, a primeira etapa do desenvolvimento de um câncer de pele, que o obriga a usar sempre protetor solar de altíssimo fator.

A genda de Cristina, apesar da notícia, demonstra que ela vai seguir a rotina programada antes da divulgação da sua enfermidade: de manhã você vai receber no Palácio do Governo os governadores provinciais. Mais tarde, no Salão Branco, na sede do Executivo vai presidir a cerimônia de promoção de oficiais Generais do Exército, Marinha e Aeronáutica. No último dia do ano, deve viajar para sua residencia em Rio Gallegos, onde receberá o ano novo com seus filhos, Max e Florença. Acredita-se que regressará a Buenos Aires, no dia 03 para iniciar os preparativos da cirurgia.

Boa sorte para Cristina!


Nenhum comentário: