21 de nov de 2014

Senador Armando Monteiro (PTB-PE), será novo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

BRASIL – Novo Governo Dilma
Senador Armando Monteiro (PTB-PE), será novo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Dilma premia o senador pernambucano pelo palanque vantajoso no estado, enquanto aposta no seu curriculum de ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria. O PT de Pernambuco não deve estar gostado do destaque que Monteiro está recebendo. O caruaruense Douglas Cintra, suplente, vai assumir a vaga de Monteiro no Senado

Foto: Senado

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Blog do Camarotti, Senado Notícias, O Globo, Leia Já

O senador Armando Monteiro recebeu o convite – e aceitou – para ser o novo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Ele tem mandato no Senado até 2019.

Ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e candidato derrotado ao governo de Pernambuco pelo PTB, foi recebido, nesta manhã, pela presidente Dilma no Palácio da Alvorada.

Antes, o nome cotado para o Desenvolvimento era o de Josué Alencar, filho do ex-vice-presidente José Alencar, morto em 2011. Mas ele tinha impedimentos porque a Coteminas, empresa da família, tem empréstimos do BNDES.

Monteiro vai substituir o ministro Mauro Vieira. O grande desafio do pernambucano será de ser um interlocutor confiável junto ao empresariado brasileiro.

O PT pernambucano, não deve gostar dessa notoriedade que Armando Monteiro está conseguindo, no novo governo Dilma. O Senador vai se firmando cada vez mais como uma liderança política, no mesmo espaço ocupado pelo PT, ofuscando os petistas, locais, tipo o senador Humberto Costa e o ex-prefeito do Recife, João Paulo, que têm sonhos para 2018.

Com o afastamento do senador Armando Monteiro vai tomar posse, com a possibilidade de um mandato ininterrupto de Senador por quatro anos, o caruaruense, Douglas Cintra (PTB-PE). Natural de Caruaru (PE), Douglas Maurício Ramos Cintra nasceu em 16 de março de 1966 e é empresário do ramo de supermercados e atacados.

Durante o período eleitoral, Cintra já havia assumido como primeiro suplente a cadeira de Armando Monteiro, que tirou licença para disputar o governo de Pernambuco. Ficou por dois meses no cargo. Na época foi festejado por ter sido o primeiro caruaruense a assumir uma cadeira no senado federal.

Nenhum comentário: