27 de jan de 2013

Silas Malafaia processa a revista americana Forbes

BRASIL - Polêmica
Silas Malafaia processa a revista americana Forbes
O Pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, disse que seu patrimônio é menor do que 2% do que foi noticiado pela revista americana em reportagem sobre a fortuna dos pastores brasileiros, sua colocação no ranking dos pastores milionários, segundo ele, prejudicou o recebimento de dízimo, e que ele e a congregação vivem de doações, reduzidas drasticamente após a reportagem. Por isso contratou um escritório de advocacia especializado nesse tipo de ação e vai processar nos Estados Unidos a publicação exigindo reparação moral e indenização milionária

Foto: Facebook

"Vou ferrar esses caras (da Forbes)", declarou Malafaia em entrevista à coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Época, ”thepassiranews”, Forbes, Notícia Gospel, Blog de Monica Bergamo, IstoÉ, Facebook Malafaia

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, decidiu processar a revista americana Forbes, que lhe atribuiu em reportagem recente, uma fortuna de R$ 150 milhões. O religioso diz ter um patrimônio de R$ 6 milhões. Para tanto, Malafaia contratou a banca carioca de Jorge Bassit Neto e a orientou a acionar a Forbes nos Estados Unidos.

Na semana passada, a Forbes fez um ranking mostrando o tamanho do patrimônio de pastores brasileiros que ficaram milionários. À frente de Malafaia, estão Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, e Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus.

"Vou ferrar esses caras (da Forbes)", declarou Malafaia em entrevista à coluna de Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo. O pastor disse que estima seu patrimônio em R$ 6 milhões, o que não chegaria a 2% dos US$ 150 milhões que a Forbes atribuiu a ele.

"Vivo de renda voluntária. Eles me prejudicaram. [O fiel] vê aquilo e pensa, 'ih, não vou [dar o dízimo], tá me roubando", afirmou.

Malafaia disse que a maior parte do seu patrimônio é formada por nove imóveis, entre eles, uma casa na zona oeste do Rio de Janeiro, estimada em R$ 2,5 milhões, apartamentos para os três filhos avaliados em R$ 400 mil cada um, e um apartamento em Boca Raton, na Flórida, no valor de R$ 500 mil. O pastor disse ainda que doou uma Mercedes blindada à igreja que foi presente de um empresário rico e amigo.

O carioca Silas Malafaia, 54 anos, é um dos mais antigos tele-evangelistas do País, Malafaia é um ex-conferencista que se tornou pastor há apenas dois anos e meio e já administra 120 templos pelo Brasil. Nascido em Jacarepaguá, zona oeste do Rio, casado há 32 anos e pai de três filhos, o sacerdote conta que a maior oferta que um fiel deu em sua igreja foi de R$ 2 milhões e a sua editora fatura R$ 45 milhões por ano.

Em sua página oficial no Facebook, Malafaia se defendeu postando por várias vezes o link de um comunicado oficial emitido por ele sobre o assunto na sexta-feira (18/01) e publicado no site Verdade Gospel, no qual diz que vai se defender da “safadeza” inescrupulosa da Forbes.

O texto, assinado por Malafaia, diz que "existe um jogo muito bem organizado para denegrir pastores evangélicos a fim de que a sociedade tenha uma ideia de que pastor é um malandro usurpando dinheiro de imbecis e idiotas."

O pastor diz que nunca negou informação a nenhum veículo de mídia, que todo o seu patrimônio foi constituído de forma legal e que há 25 anos não recebe salário pelo seu trabalho como pastor.

"Se juntarmos a receita da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, que não é minha, mais a receita da Associação Vitória em Cristo, que não é minha, com mais o faturamento da Editora Central Gospel, que é minha propriedade, mais as ofertas voluntárias que recebo por palestras dadas, não dá a metade do que eles anunciaram como receita pessoal minha. É só para vocês verem a safadeza e a cachorrada desses inescrupulosos", diz um trecho da carta.

Por fim, Malafaia diz que todo o seu patrimônio foi declarado à Receita Federal, segundo a Forbes, os dados mostrados na reportagem foram obtidos com o Ministério Público e a Polícia Federal.
Segundo a Forbes esse é o ranking da fortuna dos pastores evangélicos brasileiros:

1 - Edir Macedo - Fundador e líder da Igreja Universal do Reino de Deus, que também tem templos no Estados Unidos. A fortuna chegaria a US$ 950 milhões.

2 -Valdemiro Santiago - Ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. Teria acumulado US$ 220 milhões.

3- Silas Malafaia - Líder do braço brasileiro da Assembleia de Deus, maior igreja pentecostal do Brasil. Em 2011, a fortuna estimada era de US$ 150 milhões dólares.

4 - RR Soares - Compositor, cantor e apresentador Romildo Ribeiro Soares é o fundador da Igreja Internacional da Graça de Deus. O valor estimado seria de US$ 125 milhões dólares .

5 - Estevam Hernandes Filho e sua esposa, Bispa Sonia - Fundadores da Igreja Renascer em Cristo. A fortuna estimada é de US$ 65 milhões.

Nenhum comentário: