9 de jan de 2014

Aniversário de 50 anos de Michelle Obama, não vai ter boca livre

ESTADOS UNIDOS - Político - Social
Aniversário de 50 anos de Michelle Obama,
não vai ter boca livre
No convite a primeira Dama recomenda que os convidados cheguem alimentados, o fato gerou tanta controvérsia quanto o aumentos da despesas com a segurança da primeira dama, que resolveu esticar as férias no Havaí, longe do marido e filhas

Foto: Reuters

A primeira Dama inventa moda.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Huffington Post, The Telegraph, New York Daily News, Daily Caler, O Globo, Daily Mail, Washington Post

Se você foi convidado para a festa de aniversário de 50 anos de Michelle LaVaughn Robinson Obama, mais conhecida como Michelle Obama, a primeira dama americana, no próximo 17 de janeiro, na ala leste da Casa Branca, deve ir com roupas confortáveis, sapados próprios para dançar, mas deve comer em casa, ou em outro lugar, antes de chegar a festa, pois não será servido num jantar.

Os seletos convidados, VIPs, receberem o convite para o evento, com o aviso que se acontecerá um “Snacks & Sips & Dancing & Dessert” (lanches, bebidas, dança e sobremesa, em inglês) acrescentado o aconselhamento de “comer antes de chegar à festa”.

- Eu não acho que seja rude, mas é um pouco... diferente do que o que as pessoas estão acostumadas. Como colocar isso delicadamente? - questiona Lizzie Post, coautora do livro “Encontros casuais e festas elegantes em casa”.

Colin Cowie, guru de entretenimento de Oprah Winfrey, reagiu mais diretamente.

- Pedir às pessoas para ‘comerem antes de chegar’ não é a maneira como eu teria feito isso. Eu sempre penso na comida. Quando se trata de fazer as pessoas se sentirem bem-vindas temos que dar boa música, um bar bem abastecido e excelente comida - e em abundância.

O planejador de festas Andre Wells concorda que dizer para os convidados fazerem uma refeição antes de participar de uma comemoração é um pouco incomum.

- Eu nunca vi isso. Isso é definitivamente novo - disse Wells, acrescentando que alguns anfitriões apressados ​​podem gostar da quebra de protocolo. - Sei que um monte de gente vai gostar disso e dizer: ‘Bem, se o presidente e a primeira-dama fizeram, nós podemos fazer também’.

Foto: White House

O presidente Obama, Sasha e Malia retorno à Casa Branca sem Michelle, no domingo

Mas a aparente economia de Michelle com o jantar, não satisfez a imprensa americana. Em paralelo, reclamam dos gastos com a Primeira Dama, que foi para o Havaí de férias, com o marido Barack Obama e as filhas Sasha e Malia, mas não retornou com a família. Ficou na ilha, hospedada na mansão de 12 cômodos da amiga Oprah Winfrey, em Maui.

Obama caiu na besteira de dizer que as férias de Michelle, longe da família, era um presente antecipado de aniversário.

QUEM ESTÁ PAGANDO A CONTA?

Numa coletiva de imprensa o jornalista Ed Henry da Fox News, perguntou diretamente ao secretário de imprensa da Casa Branca, Jay Carney:

"A primeira-dama ficou para trás, no Havaí, e a Casa Branca disse que era um presente de aniversário antecipado do presidente", isso quer dizer que ele está pagando o vôo de volta, ou são os contribuintes que vão pagar por isso?"

Em resposta o porta voz leu um declaração: "Tal como acontece com todas as viagens pessoais, a primeira família vai adequadamente financiar despesas pessoais."

Outros órgãos de imprensa, não satisfeitos, comentam que o voo em si, é apenas um detalhe, na verdade os contribuintes norte-americanos estão pagando um alto custo com a proteção extra proporcionado pelo Serviço Secreto a Sra. Obama.

O site TMZ noticiou segunda-feira que "a segurança na ilha inclui inclusive equipes da SWAT e todos os outros recursos de segurança padrão no perímetro onde se encontra Michelle.

A estadia prolongada, também exigem o uso continuado de vários veículos do governo, incluindo o chamado "transporte seguro" sempre que a primeira-dama se aventura a sair da casa.

Os habitantes de Maui também estão reclamando da interdição militar de alguns trechos de trilhas nas proximidades da mansão Oprah.

Por aqui, quando a imprensa cobra os custos adicionais gerado por Dilma que levou neto, babá, filha e genro para passar férias na base naval da Bahia e Renan usa jato da FAB para ir de encontro ao cirurgião que lhe fez um implante capilar, dizem que isso é mesquinharia.

Nenhum comentário: