4 de mar de 2014

Carnaval alemão satiriza líderes mundiais

ALEMANHA - Carnaval
Carnaval alemão satiriza líderes mundiais
A tradicional festa de carnaval de Dusseldorf, na Alemanha, conhecida por seus bonecos de papel marchê, debocha e ridiculariza líderes mundiais, nesta ano, entre os "homenageados" estão presidente russo, Vladimir Putin, a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente Frances Françoise Hollande e até o Papa Francisco

Foto: Roland Weihrauch/DPA

O sorridente e sádico presidente americano, Barack Obama, enquanto dá boas-vindas, aciona a chave de uma cadeira elétrica onde está sentado o espião da CIA, Edward Snowden, que denunciou ao mundo que os americanos espionavam, inclusive as ligações telefônicas de líderes mundiais.

Foto Ina Fassbender / Reuters:

O presidente russo, Vladimir Putin, exibe no bíceps a explosiva Criméia com o estopim acesso.

Foto: Roland Weihrauch/DPA

O presidente russo, Vladimir Putin, também é retratado dado um beijo de língua, no patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Cirilo I (Vladimir Mikhailovich Gundyayev) numa alusão aos posicionamentos homofóbico dos dois líderes, perseguindo os movimentos gays.

Foto: Roland Weihrauch/DPA

Uma farta e matriarcal, apremier alemã, Angela Merkel segura pela mão, o mirrado presidente francês, François Hollande. Uma representação das condições políticas e econômicas entre as duas nações.



Foto: Roland Weihrauch / DPA

Nem o papa Francisco escapou: na alegoria o bispo alemão Franz-Peter Tebartz-van Elst, conhecido como "bispo do luxo", tenta exorcizar com uma cruz cravejada de pedras preciosas, o Papa. O bispo alemão foi destituído, por Francisco, ano passado, por gastos excessivos na construção de sua sede episcopal. Os gastos da obra chegaram a 31 milhões de euros. O banheiro particular, do bispo, custou 15 mil euros, sem falar de uma sala de jantar de 63 metros quadrados de quase 3 milhões de euros.

Postado por Toinho de Passira

Nenhum comentário: