31 de out de 2010

CLÁSSICOS DOS QUADRINHOS: CHRIS BROWNE -Hagar, o horrível 024

CLÁSSICOS DOS QUADRINHOS
CHRIS BROWNE - Hagar, o horrível
024


Veja as publicações anteriores de HAGAR


30 de out de 2010

ELEIÇÕES 2010 - 2° TURNO: Serra continua com as mãos limpas

ELEIÇÕES 2010 - 2°TURNO:
Serra continua com as mãos limpas
Como no primeiro turno, tornamos a dizer que ninguém ouviu falar que tivesse havido corrupção, nem mesmo indícios, no Ministério da Saúde, na Prefeitura ou no Governo de São Paulo, enquanto o candidato José Serra era o titular desses cargos. Por mais que os petistas tenham fuçado, inventado dossiês, arranjado escândalos, nada descobriram. Já a candidata deles?!

Foto: Reuters

Um candidato com mãos limpas, coração aberto e biografia irretocável, coisa rara na política brasileira

Postado por Toinho de Passira
Fonte: O Globo

O candidato do PSDB à presidência José Serra sempre disse que se eleito pretende governar o país com “mãos limpas”. Segundo ele, o país precisa deixar de ter escândalos e parar de perder dinheiro com propinas e desperdícios.

Serra disse que chegou a hora de cada um dos eleitores conversarem com seus familiares a respeito do voto neste domingo. O povo brasileiro população já conhece sua biografia e seu desempenho em cargos públicos importantes a frente do Ministério da Saúde, na Prefeitura e no Governo de São Paulo.

Agora é só votar 45 e colocar de novo e definitivamente água no chope da candidata.


ELEIÇÃO 2010: O ELEITOR FETO

ELEIÇÕES 2010
O ELEITOR FETO
Todo eleitor cristão tem a responsabilidade de defender a vida

Fotomontagem Toinho de Passira - “thepassiranews” (PE)

Quando estiver diante da urna, lembre que os fetos são inocentes e indefesos.


PERNAMBUCO: Multidão, de militantes contratados, dá adeus a Lula

PERNAMBUCO
Multidão, de militantes contratados, dá adeus a Lula
O presidente Lula veio ao Recife fazer uma carreata sem Dilma, com último ato da campanha, ela estava sendo adestrada para o debate da Rede Globo. O presidente visivelmente embriagado recebeu carinho de uma multidão postada na Avenida Conde da Boa Vista, trazida em caravana do interior do estado, para participar do evento. Quem paga essa conta?

Fotos: Clemilson Campos e Rodrigo Lobo/JC Imagem/Blog do Jamildo

MST NA CABEÇA - O governador Eduardo Campos, visivelmente desaprovando a decisão de Lula, visivelmente embriagado, em colocar o boné do MST na cabeça, na passeata de ontem. Durante o governo Lula, o MST pintou miséria em Pernambuco, cometeu assassinatos, destruiu propriedades, desafiou a justiça e enfrentou o governador pernambucano

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Blog do Jamildo

Sempre que Lula vem ao Recife um ritual se repete: enquanto se embriaga no Palácio do Campo das Princesas, junto ao governador Eduardo Campos, centenas de militantes são trazidos ao Recife, em ônibus fretados, uniformizados e postos, como ontem, 28, no trajeto presidencial, na mais pura cópia da juventude hitlerista, lá nos tempos do nazismo.

Segundo o Blog do Jamildo, entre militantes pagos (a esmagadora maioria) e população comum milhares de pessoas aglomeraram-se no percurso, por onde passou Lula, num caminhão, ignorando a forte chuva, lotando os três quilômetros da Avenida Conde da Boa Vista.

Este é um velho truque dos petistas: marcam esses eventos para o fim da tarde da sexta-feira, tornam o transito um caos, e retém milhares de pessoas na Conde da Boa Vista, fazendo milhares de cidadãos participarem do evento, a contra gosto, ali postados a esperar que tudo se normalize, para tomar a condução que os conduza as suas residências, depois da jornada de trabalho.

Para complicar ainda mais a vida da cidade, militantes, aos milhares são acrescentados a avenida, trazidos ao Recife numa volumosa frota de ônibus, que são estacionados na Rua da Aurora, em Santo Amaro, no Derby, nas vias paralelas do 13 de maio. A reportagem do Blog do Jamildo, contou 30 ônibus estacionados somente no fim da Rua da Aurora.

Esse fatos são corriqueiros nas vindas de Lula ao Recife. Nunca ninguém apurou quem paga os custos desse deslocamento de militantes. Estamos falando em algo como 50 mil pessoas treinadas trazidas ao Recife em ônibus, uniformizados, com direito a lanches e uma verba no bolso.

Pena que tanta organização, eficiência e dedicação não sejam utilizadas para atender os flagelados das enchentes do Estado, que depois de quatro meses ainda estão postos em barracas de camping e abrigos improvisados, passado vexames e com riscos de serem dizimados por epidemias.

Junto ao presidente estavam o governador Eduardo Campos, o ex-prefeito João Paulo, o Presidente da Assembléia Guilherme Uchoa e os senadores eleitos Armando Monteiro Neto e Humberto Costa.

A festa de ontem, tinha um clima de despedida, e ao invés de lembrar a campanha de Dilma, os carros de som e a multidão contratada estava treinada a cantar antigos jingles das campanhas de Lula, como o Lulalá, revivendo os tempos em que ele perdeu para Fernando Collor.

Os militantes postados na ponte Duarte Coelho, foram encarregados de cantar “parabéns prá você” em homenagem à passagem do aniversário do presidente.

O comércio da Conde da Boa Vista teve que fechar as portas, com a passagem do cortejo, temendo depredação e assalto.

O Blog do Jamildo registrou que num dos prédios da avenida mulheres apareceram cumprimentando o presidente com calcinhas vermelhas nas mãos.

No fim do percurso, na Praça do Carmo, depois de quase uma hora de ato, Lula saiu do carro enquanto fogos de artifício estouravam.

Numa homenagem final ao presidente, ao fim de tudo, a polícia registrou que milhares de furtos vitimaram cidadãos comuns surpreendidos pela multidão lulista, enquanto esperavam ônibus ou passavam pela Avenida Conde da Boa Vista, na hora da passeata.

Como sempre aconteceu durante esses últimos anos do governo petista, ninguém foi preso.

Fotos: Clemilson Campos e Rodrigo Lobo/JC Imagem/Blog do Jamildo

O ÚLTIMO ADEUS - A era Lula está no fim. Apesar de toda mobilização, no fim da carreata, alguns poucos militantes encarregados de cercar o caminhão para proteger os políticos acompanhavam o cortejo. Esse deve ser um dos últimos suspiros de Lula, que passa a faixa presidencial daqui a 62 dias. Não vai nos deixar saudades.


ARGENTINA: Corpo de Kirchner é sepultado em Rio Gallegos

ARGENTINA
Corpo de Kirchner é sepultado em Rio Gallegos
"Obrigado a Néstor e Cristina por nos devolverem a dignidade", "Força Cristina", "Cristina coração" eram algumas das frases que a multidão gritava à presidente, muitos chorando inconsoláveis, enquanto desfilavam na frente do caixão exposto na Casa Rosada, em homenagem ao líder peronista Néstor Kirchner que morreu na quarta-feira de enfarte

Foto: La Razon

Milhares de pessoas acompanharam o corpo do presidente desde a Casa Rosada até aeroporto, aplaudindo, entoando cânticos e jogando flores.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Clarin, Reuters, BBC Brasil, La Razon, La Nacion, Pagina 12, Portal Terra

O ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner foi sepultado nesta sexta-feira no cemitério municipal de Rio Gallegos, na província de Santa Cruz, no sul do país. Como ocorreu durante o velório em Buenos Aires, uma multidão acompanhou o cortejo fúnebre pelas ruas da cidade.

Os simpatizantes de Kirchner ergueram bandeiras e faixas e aplaudiram a passagem do cortejo nos oito quilômetros, entre o aeroporto e o cemitério.

"Olé, olé, olé, olé, Lupo, Lupo!", cantavam, em referência ao apelido do ex-presidente em Rio Gallegos, onde nasceu e fez carreira política até chegar à presidência do país, em 2003. Kirchner foi presidente até 2007 e era o braço forte do governo da esposa e sucessora, a atual presidente Cristina Kirchner, cujo atual mandato termina em dezembro de 2011. DEPOIS DO INFARTO - Depois do primeiro problema cardíaco grave, dele o casal parecia mais unido e romântico.

Foto: Reuters

GENTE HUMILDE - Em Rio Gallegos camponeses comovidos aguardavam com a bandeira da Argentina o corpo de Néstor Kirchner

O enterro foi realizado após 26 horas de velório, na sede da presidência do país, a Casa Rosada, em Buenos Aires. A cerimônia do sepultamento foi acompanhada apenas por poucos familiares, entre eles a presidente, os filhos do casal, Maximo e Florência, ministros, parlamentares da base governista, e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

Foto: Rodrigo Nespolo/LaNacion

DEPOIS DO INFARTO - Após o primeiro problema cardíaco grave, de Kirchner, o casal parecia mais unido, romântico e determinado a continuar no poder na Argentina

Em meio à intensa expectativa sobre como será o governo de Cristina, após a morte do marido, políticos da base governista disseram que ela deverá voltar a trabalhar na segunda-feira

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Agustín Rossi, do partido Frente para a Vitória (FPV), disse, na porta do cemitério, que a presidente está pronta para continuar governando. "O povo pode ficar tranqüilo. A presidente é forte, é uma estadista e tudo vai dar certo."

Foto: Reuters

VOLTANDO PARA CASA - Rio Gallegos, uma pequena cidade da província de Santa Cruz, foi o ponto final de Néstor Kirchner, que nas ruas recebeu o carinho de despedidas dos seus conterrâneos.

Já o ministro do Interior, Florencio Randazzo, afirmou que ela conta com "forte apoio dos governadores e dos prefeitos para continuar governando". Cristina não fez declarações a imprensa desde a morte do marido, na quarta-feira, quando ele sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Os dois estavam na casa que construíram na cidade de El Calafate, na Patagônia, onde ela deverá passar o fim de semana com os filhos antes de retornar à Casa Rosada.

Foto: El Clarin

O CAIXÃO MONUMENTO: - Cada visitante que passava diante do corpo de Néstor Kirchner, no salão nobre da Casa Rosada, deixava lembranças que foram se acumulando sobre o caixão do ex-presidente falecido, transformado num monumento de carinho dos argentinos

A presidente Cristina Fernández de Kirchner manteve-se durante quase todo tempo junto ao caixão com os restos de companheiro por mais de 35 anos e principal aliado político, enquanto escutava gritos de alento, orações, canções e poemas de simpatizantes dela e de Néstor Kichner

Veja mais no “thePassiranews”: A MORTE DE NESTOR KIRCHNER


29 de out de 2010

Freddie Mercury e Brian May em "Love Of My Life” de Freddie Mercury

Freddie Mercury e Brian May em "Love Of My Life”
de Freddie Mercury

LOVE OF MY LIFE
de Freddie Mercury

Love of my life, you've hurt me
You've broken my heart, now you leave me.
Love of my life can't you see,

Bring it back bring it back,
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me.

Love of my life don't leave me,
You've taken my love, you now desert me,
Love of my life can't you see,

Bring it back bring it back,
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me.

You will remember
When this is blown over,
And everythings all by the way,
When I grow older,
I will be there at your side,
To remind you how I still love you
I still love you.

Hurry back hurry back
Don't take it away from me,
Because you don't know
What it means to me
Love of my life
Love of my life
Yeah
Passiravideo”


BRASIL: A grande farsa contábil do governo Lula

OPINIÃO
A grande farsa contábil do governo Lula
O governo Lula está produzindo o maior retrocesso na História recente do país na transparência das contas públicas. Ontem foi um dia de não se esquecer. Dia em que o governo fez a mágica de transformar dívida em receita. E assim produziu o maior superávit primário do país em setembro, quando, na verdade, o Tesouro teve um déficit de R$ 5,8 bilhões. – diz Miriam Leitão na sua coluna do dias 27 de outubro

Foto:Reuters

O farsante fingindo que não é com ele.

Postado por Toinho de Passira
Fonte: Coluna Mirian Leitão

Miriam Leitão na sua coluna do dia 27, num texto intitulado “Mágicos das contas”, faz uma estarrecedora denuncia de que “o governo Lula fez a mágica de transformar dívida em receita. E assim produziu o maior superávit primário do país em setembro, quando, na verdade, o Tesouro teve um déficit de R$ 5,8 bilhões.” – diz ela e explica:

”O passo a passo do governo nessa confusão é o seguinte: 1) o Tesouro emitiu dívida no valor de R$ 74,8 bilhões. 2) transferiu uma parte, R$ 42,9 bilhões, diretamente à Petrobras, para subscrever as ações da empresa. 3) entregou o resto, R$ 31,9 bilhões, ao BNDES e ao Fundo Soberano. 4) BNDES e FSB repassaram esses títulos à Petrobras para pagar pelas ações que também compraram. 5) a Petrobras pegou todos esses títulos que recebeu e com eles pagou a cessão onerosa dos barris de petróleo do pré-sal. 6) o governo descontou o dinheiro que gastou na subscrição e considerou que o resto, R$ 31,9 bilhões, era receita.”

E não pára por aí, segundo Miriam: ”Para completar a confusão, os R$ 24 bi em títulos que foram para o BNDES — o resto dos R$ 31,9 bi foi para o Fundo Soberano — entraram na conta da dívida pública bruta, mas não na dívida líquida porque o governo alega que é “empréstimo” e um dia o BNDES vai pagar. Portanto, a dívida líquida não sobe, apesar de o governo ter se endividado. Foi assim com outros R$ 180 bi em títulos transferidos para o BNDES.”

Maílson da Nóbrega acha que o governo zomba dos analistas. “Será que acham que jornalistas, economistas, consultores não perceberam a manobra? Esse truque não tem fim, porque eles podem agora vender petróleo futuro e dizer que é receita”.

Miriam Leitão acrescenta que “esse não é o primeiro truque, é apenas o mais extravagante. Em agosto do ano passado, a MP 468 permitiu que o governo usasse depósitos judiciais como receita. Contribuinte que entra na Justiça discutindo a legalidade de um imposto tem que depositar a quantia contestada. Esse valor pode ser do governo, ou não. Mas pela MP, R$ 5 bi entraram como receita em 2009 e R$ 6,4 bi, em 2010.”

”No final do ano passado, outra MP, a 478, permitiu ao Tesouro vender antecipadamente os dividendos que tem a receber de estatais e empresas de economia mista. O BNDES comprou e repassou ao Tesouro R$ 5,2 bilhões que ele teria de dividendos da Eletrobrás.”

Miriam lembra que na época dos governos militares, “foi com mágicas como a do orçamento monetário que o Brasil produziu uma inflação alta, longa e que virou hiperinflação. Já vimos esse filme, morremos no final. O problema é que quando chega o final, quem fez o mal não está aí para responder por ele.”

Não dá para esconder: o jeito PT de governar, parece cada vez mais com uma ditadura, se já não é.

Leia na integra o artigo de Mirian Leitão: Mágicos das contas


ELEIÇÃO 2010: Dilma é abortiva

ELEIÇÕES 2010
Dilma é abortiva
Dilma só era coerente quando defendia o aborto abertamente, afinal o seu passado guerrilheiro combinava, muito bem, com disposição de ameaçar fetos indefesos e inocentes. Dilma, porém, também é perigosa para o Brasil, por vários outros motivos: pela incapacidade, falta de experiência, frouxidão moral, falta de compromisso com a democracia e sobretudo por cultivar companhias de má indole. Lembrar que Zé Dirceu, Zé Sarney, Collor, Renan, Michel Temer, Valter Cardeal e Erenice Guerra, são os mais cotados a serem poderosos chefões num seu eventual governo.
Que Deus nos livre!

Fotomontagem Toinho de Passira

Até o Papa, sabe que Dilma é mentirosa e teme pelo futuro dos cristãos brasileiros

Postado por Toinho de Passira

Dilma Rousseff defende o aborto, a retirada dos crucifixos das repartições públicas, as invasões violentas do MST, a utilização de dossiês para injuriar adversários. Apóia e se beneficia da ação de amigos corruptos; protege facínoras; é a favor de assaltos a bancos e sequestros para fins políticos; está cercada e assessorada de perigosos meliantes petistas processados por volumosos crimes de corrupção.

Mente, desmente-se e torna a se desmentir.

É uma boneca de ventrículo de Lula e dos marqueteiros. Vazia e insegura, sem opinião própria e sem escrúpulos cristãos ou políticos.

Apesar de exaustivamente adestrada não consegue convencer nem por um minuto que é experiente, competente ou pelo menos descente.

Dilma Rousseff não tem freios morais. O desmascaramento da falsificação do seu currículo “acadêmico”, onde dizia ter estudado em locais que jamais freqüentou, é uma demonstração de falta de caráter imperdoável.

Não surpreende, pois, o grau de falsidade na sua biografia política que oscila entre o burlesco e a farsa, o indecoroso e o ridículo.

Poder-se-ia perdoar Dilma guerrilheira e terrorista, se ela não mantivesse os mesmos traços insanos que lhe meteram uma aventura sangrenta e marginal, na juventude. Se ela não se vangloriasse desses feitos, como se fossem atos descentes e meritórios. Se não tivesse metida e mancomunada com a escória da política brasileira, aliados e amigos, que sugerem governar o país, como se estivesse planejando um grande assalta ao Banco do Brasil, ou melhor, ao tesouro nacional.


ELEIÇÕES 2010: O Papa diz que “o aborto é uma traição à democracia"

ELEIÇÕES 2010
O Papa diz que “o aborto é uma traição à democracia"
O papa Bento 16, ao receber um grupo de Bispos do Brasil, ontem, 28, no Vaticano, aproveitou para aprovar e até determinar que os clérigos brasileiros reagissem politicamente contra aqueles que defendem o aborto e a eutanásia, em indiscutível aprovação aos atos de D. Luiz Gonzaga Bergonzini, Bispo de Guarulhos, que tem se manifestado contra a candidata abortista Dilma Rousseff

Segundo o Papa Bento 16, projetos políticos que contemplem a descriminalização do aborto traem o ideal democrático.
Postado por Toinho de Passira
Fontes: BBC Brasil, Estadão, Catholic News, Radio Vaticana, Jornal Nacional

Bento XVI: "a descriminalização O papa Bento 16 pediu nesta quinta-feira no Vaticano, em um discurso a um grupo de bispos do Brasil, falando em português, que os membros do clero brasileiro se manifestem publicamente sempre que a descriminalização do aborto ou da eutanásia se tornar objeto de debate político.

“Quando os projetos políticos contemplam, aberta ou veladamente, a descriminalização do aborto ou da eutanásia, o ideal democrático – que só é verdadeiramente tal quando reconhece e tutela a dignidade de toda a pessoa humana – é atraiçoado nas suas bases”, afirmou o papa.

“Portanto, caros irmãos no episcopado, ao defender a vida não devemos temer a oposição e a impopularidade, recusando qualquer compromisso e ambiguidade que nos conformem com a mentalidade deste mundo.”

O Papa aproveitou a audiência a 14 bispos brasileiros, que atuam no Maranhão, em visita ao Vaticano, para passar a mensagem para os católicos brasileiros sobre os políticos que defendem o aborto.

O Papa Bento 16, que o aborto é uma ação ”má e incompatível com a dignidade da pessoa”.

“Portanto, seria totalmente falsa e ilusória qualquer defesa dos direitos humanos políticos, econômicos e sociais que não compreendesse a enérgica defesa do direito à vida desde a concepção até a morte natural. Além disso, no quadro do empenho pelos mais fracos e os mais indefesos, quem é mais inerme que um nascituro ou um doente em estado vegetativo ou terminal?”

O papa afirmou que o clero tem o dever de colaborar com a construção de uma sociedade justa e fraterna e que padres e bispos devem lembrar aos cidadãos “o direito, que é também um dever, de usar livremente o próprio voto para a promoção do bem comum”.

Bento 16 ainda defendeu que se ensine religião nas escolas públicas brasileiras e a manutenção de símbolos religiosos em instituições públicas nacionais (“Eles têm um valor particular, no caso do Brasil, em que a religião católica é parte integral da sua história”).

O Papa estava se referindo ao famoso Programa Nacional de Direitos Humanos, um plano demoníaco petista, encabeçado pelo ministro Paulo Vannuchi, amplamente apoiado pela candidata Dilma Rouseff, quando Chefe da Casa Civil, que além do aborto defende a proibição de crucifixos nas paredes de prédios públicos.

“Como não pensar neste momento na imagem de Jesus Cristo com os braços estendidos sobre a Baía da Guanabara, que representa a hospitalidade e o amor com que o Brasil sempre soube abrir seus braços a homens e mulheres perseguidos e necessitados provenientes de todo o mundo?”, disse o papa.

O pontífice se pronunciou sobre relatórios que lhe foram entregues pelo grupo de bispos. "Lendo os vossos relatórios, pude dar-me conta dos problemas de caráter religioso e pastoral, além de humano e social, com que deveis medir-vos diariamente. O quadro geral tem as suas sombras, mas tem também sinais de esperança", afirmou.

Falando em portugues o Papa Bento 16 disse que os Bispos brasileiros deveriam se posicionar contra o aborto, como tema político.


28 de out de 2010

ARGENTINA: A MORTE DE NESTOR KIRCHNER

ARGENTINA
A MORTE DE NESTOR KIRCHNER
Deputado federal, secretário-geral da União das Nações Sul-americanas (Unasul), presidente do Partido Justicialista (peronista) e virtual candidato à sucessão de Cristina Kirchner no próximo ano, a morte do ex-presidente argentino Néstor Kirchner, altera sem perspectivas de previsões lógicas o futuro político da Argentina

Foto: Getty Images

ÚLTIMA ELEIÇÃO - O ex-presidente da Argentina Néstor Kirchner cumprimenta eleitores ao sair de uma sessão eleitoral, em Buenos Aires, nas eleições de 28 de junho do ano passado quando concorreu e ganhou uma cadeira de Deputado Federal

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Veja - Abril, Veja, Estadão, O Globo, O Globo , O Globo

O corpo do ex-presidente argentino Néstor Kirchner, que morreu na manhã desta quarta-feira vítima de problemas cardíacos está em Buenos Aires, sendo velado na Casa Rosada.

Aos 60 anos, Kirchner, que tinha histórico de problemas no coração, estava na cidade de El Calafate, na Patagônia, com a mulher e presidente do país, Cristina, quando passou mal. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas os médicos não conseguiram reanimá-lo.

Foto: Reuters

VELÓRIO - O esquife com Kirshner no salão principal da Casa Rosada, velado por amigos, sua mulher Cristina e sua filha Florencia

Kirchner será o primeiro ex-presidente argentino a ser velado fora do Palácio do Congresso desde sua inauguração, em 1906. O velório na Casa Rosada foi pedido da própria Cristina, que viajou junto ao corpo do marido para a capital.

Florencia, filha do casal, que estava nos Estados Unidos, chegou à Argentina desde a noite dessa quarta feira.

O enterro do político será no sábado na província de Santa Cruz, a mesma onde nasceu e morreu. Inúmeros líderes mundiais, notadamente da América Latina já confirmaram que estarão presentes.

Foto: Getty Images

PIXAÇÕES  - Buenos Aires amanheceu cheio de inscrições em homenagem aos Kirchner

No último ano, Kirchner precisou ser internado de urgência pelo menos duas vezes. Os médicos haviam recomendado uma mudança no seu estilo de vida agitado para evitar mais complicações cardíacas.

Em 11 de setembro, Kirchner foi submetido a uma angioplastia, em hospital de Buenos Aires, tendo alta no dia seguinte. Na ocasião, o ex-presidente recebeu o implante de um stent para melhorar o fluxo sanguíneo. Ele era apontado como um dos favoritos para a eleição presidencial argentina de 2011.

Foto: Getty Images

OS KIRSHNER EM CAMPANHA, 1989 - Os dois namoraram por apenas seis meses e só se separaram, com a morte, 35 anos depois, apesar de mexericos de brigas e infidelidades

Deputado federal, secretário-geral da União das Nações Sul-americanas (Unasul), presidente do Partido Justicialista (peronista) e virtual candidato à sucessão de Cristina Kirchner no ano que vem. Néstor Kirchner acumulava todas essas posições. Ao longo dos últimos sete anos, Kirchner marcou a política argentina com a estratégia de "bater e depois negociar". Era o chamado "Estilo K".

Kirchner utilizou essa fórmula nas negociações com o Fundo Monetário Internacional (FMI), os credores privados, as empresas privatizadas de serviços públicos, militares, ruralistas, mídia, Igreja Católica, partidos da oposição, redes de supermercados, companhias de combustíveis, exportadores de carne bovina e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), entre outros.

Foto: Getty Images

APOIO ENLUTADO - Os argentinos agora apóiam Cristina e lamenta a morte de Nestor, apesar do casal, antes da morte dele, está com a popularidade baixíssima

A fórmula lhe rendeu um grande número de inimigos. Mas também lhe permitiu acumular poder e popularidade nos setores da centro-esquerda. A hegemonia kirchnerista foi acompanhada de uma série sem precedentes de escândalos de corrupção. Kirchner foi acusado de enriquecimento ilícito, de favorecer empresários amigos e de negócios obscuros com o governo do presidente venezuelano, Hugo Chávez. Facilmente irritável com os grupos não alinhados ao seu governo, Kirchner aplicou forte pressão contra a mídia que criticava sua gestão.

Foto: Reuters

BANDEIRA A MEIO PAU - A Casa Rosada, sede do governo argentino, amanheceu ornada com cartazes com homenagens e apoio a família Kirshner e a bandeira argentina hasteada a meio pau, em sinal de luto

Em 2003 Kirchner foi às urnas no primeiro turno das eleições presidenciais e ficou em segundo lugar, com 22% dos votos. Seu rival, Menem ficou em primeiro, com 24%. No entanto, nas semanas seguintes, durante a campanha para o segundo turno, as pesquisas indicavam que ao redor de 70% dos eleitores votariam em Kirchner como um voto anti-Menem. "El Turco", como Menem era chamado popularmente, desistiu do segundo turno eleitoral.

Dessa forma, com menos de um quarto dos votos, Kirchner foi empossado presidente. Ele foi o presidente menos votado da história argentina. Tudo indicava que ele seria um presidente fraco, sem poder próprio, que dependeria de seu padrinho Duhalde. No entanto, no primeiro ano e meio de seu governo conseguiu desvencilhar-se da imagem de "marionete" ao criar uma esfera própria de poder.

Foto: Getty Images

ÚLTIMO ADEUS - Uma multidão de milhares fazem fila diante da sede do governo argentino, para prestar a última homenagem ao ex-presidente Néstor Kirshner

Em 2007, "El Pinguino" (o Pinguim), como era chamado, estava no auge de seu poder. Ele tinha a obediência de 19 dos 23 governadores, controlava o Senado, a Câmara de Deputados, tinha influência na Corte Suprema de Justiça e contava com o respaldo da maior parte da mídia argentina. Com o poder no apogeu, tomou a decisão inédita no mundo de colocar sua própria mulher como candidata à sucessão presidencial. Com seu respaldo e toda a máquina do governo, elegeu Cristina Kirchner.

Nos primeiros meses de 2008, diversos setores começaram a exibir resistência à política dos Kirchners. Primeiro foram os ruralistas, que deslancharam uma série de greves. Depois foi o próprio vice de Cristina, Julio Cobos, que rompeu com os Kirchners e se transformou em presidenciável. Na sequência, Kirchner intensificou seus ataques aos meios de comunicação e deflagrou uma guerra pessoal contra o Grupo Clarín, a maior holding multimídia da Argentina.

No ano passado, Kirchner sofreu uma derrota histórica ao perder as eleições parlamentares na Província de Buenos Aires para o empresário Francisco De Narváez, um novato na política.

A morte do político argentino é resumida pelo professor de relações internacionais, da USP, Alberto Pfeifer, como “equivalente a um terremoto no cenário político! Argentino.

”Era de conhecimento geral a influência dele sobre a sua esposa, Cristina, e também em outras instâncias da administração. Era ele que articulava a base de apoio ao governo.”

Foto: Reuters

PASSAGEM DO BASTÃO PRESIDENCIAL - Em julho de 2008, segundo a escritora argentina Sylvina Walger, Néstor Kirchner tentou obrigar a mulher a renunciar. Cristina negou-se e, por sua rebeldia, parou num hostpital por ter levado um soco na cara desferido pelo marido.

“A saída de Néstor Kirchner de cena transforma Cristina em uma interrogação muito grande. Ela deve ter bastante dificuldade. Além do impacto emocional, vai perder o seu conselheiro político. O casal foi colecionando inimigos, se livrando de assessores ao longo do tempo. Foi realmente um golpe muito grande para ela: perdeu o esposo, o companheiro e também a pessoa que a ajudava”.

”Era ele que organizava a gestão de Cristina. Ajudava ou mesmo definia as medidas e toda agenda política do governo. Decidia também quais seriam os aliados em torno da presidente. A presidente era quase um títere: um boneco que ocupa um posto para seguir as linhas ditadas por outro. Ela não era política, não tinha nenhuma expressão e só foi alçada à presidência por causa dele. A carreira política de Cristina sempre foi à sombra do marido. Ela havia sido senadora, mas também por causa da influência dele.”

Foto: Getty Images

FRIA PATAGÔNIA - O casal residia por opção na fria província de Santa Cruz, terra natal de Kirchner, em plena patagônia

Foto: Reuters

“A morte dele altera todo o cenário político para as eleições de 2011. Candidato ou não, ele seria determinante nesta escolha. Pode até ser que a percepção popular sobre a Cristina não mude, já que o casal era especialista em mau governo. Porém, o mais provável é que ela se enfraqueça, abrindo espaço para que outras correntes dentro do Partido Justicialista se apropriem desse espólio. A tendência é surgir outra força dentro da legenda”.

”A oposição, provavelmente, terá cuidado porque qualquer movimento agora pode ser entendido como oportunismo. Sempre que uma pessoa morre é assim. Os opositores vão ter de passar um período de luto antes de atacar Cristina. Agora ela estará protegida por esta “dor de viúva” - concluiu o professor Alberto Pfeifer.


The Platters cantam “Only You” de Vince Clarke

The Platters cantam “Only You”
de Vince Clarke

ONLY YOU
de Vince Clarke

Only you, can make this world seem right
Only you, can make the darkness bright
Only you, and you alone, can thrill me like you do
And fill my heart with love for only you

Only you, can make this change in me
For it's true, you are my destiny
When you hold my hand, I understand
the magic that you do
You're my dream come true
my one and only you

Only you, can make this change in me
For it's true, you are my destiny
When you hold my hand, I understand
the magic that you do
You're my dream come true
my one and only you

One and only you....

”passiravideo”


ELEIÇÕES 2010: SERRA 45 – PRESIDENTE DO BRASIL

ELEIÇÕES 2010
SERRA 45 – PRESIDENTE DO BRASIL
Toinho de Passira vota assim no 2º Turno, como votou no primeiro e continua recomendando Toinho de Passira vota assim no 2º Turno, como votou no primeiro e continua recomendando para que seja restabelecida a dignidade do cargo de Presidente da República.

Ilustração “thepassiranews”

Fonte: Site José Serra


27 de out de 2010

BRASIL: Tuma Jr assombra Lula e Gilberto Carvalho

BRASIL
Tuma Jr assombra Lula e Gilberto Carvalho
O Planalto preocupado com o que o filho do Senador Romeu Tuma, (falecido, nesta semana), fará com as informações e provas que possui do caso do prefeito petista Celso Daniel, inclusive com o possível comprometimento do chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho mais os elementos que possui da rotina de falcatruas e dossiês elaborados no Ministério da Justiça em benefício da candidata Dilma Rousseff

Foto: Divulgação da campanha eleitoral de Tuma Jr

Para Lula, Tuma Jr é um homem-bomba político

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Claudio Humberto, G1, ”thePassiranews”

Na sua coluna, Claudio Humberto diz que o presidente Lula e seu chefe de gabinete, Gilberto Carvalho, estão muito preocupados com o delegado Romeu Tuma Jr, em especial após o falecimento do seu pai, senador Romeu Tuma (PTB-SP), aos 79. Faz sentido. Tuma Jr desvendou o assassinato do prefeito de Santo André (SP) Celso Daniel, investigando inclusive lavagem de dinheiro lá fora, e tem em seus arquivos diálogos gravados que comprometem Carvalho.

Muito emocionado com a morte do pai, o delegado Tuma Jr desabafou ontem com amigos: “Olha o que eles fizeram ao velho...”

Tuma Jr atribui a enfermidade do pai a um bate-boca com o diretor da Polícia Federal, Luiz Fernando Correa, nos corredores do Senado.

Logo após a discussão com Correia, da qual teria participado também Roberto Troncon, da PF, o senador se sentiu mal e foi hospitalizado.

Para a família, a PF teria por motivos políticos deixando vazar grampo envolvendo Tuma Jr com a “máfia chinesa”, para afastá-lo do governo.

Depois de deixá-lo fritando em fogo brando por cinco meses, após seu afastamento do cargo de secretário Nacional de Segurança Pública, a Comissão de Ética da Presidência arquivou a investigação aberta contra ele.

O relator procedimento investigativo, Humberto Gomes de Barros, apresentou no relatório conclusões, favoráveis a Tuma Jr. Afirmando:

“Malgrado a volumosa documentação trazida a exame, nenhum dos deslizes éticos apontados contra o Dr. Romeu Tuma Junior foi comprovado”, com esse argumento sugeriu e teve aprovado o arquivamento da investigação.

Mesmo assim, o governo manteve distancia e nem divulgou com o devido destaque o resultado da comissão. O ex-secretario viu seu pai definhar até a morte. Apesar de não acreditarmos de todo na “inocência” de Tuma Jr, esperamos que ele, possa se redimir, juntando os apetrechos para expor e implodir as mal cheirosas vísceras desse governo.

Se Tuma Jr for rápido pode provocar um tsunami negativo na campanha de Dilma Rousseff e influir no resultado das eleições desse fim de semana.


ITÁLIA : Quem exagerar na minissaia, vai ser multada

ITÁLIA
Quem exagerar na minissaia, vai ser multada
Uma cidade do sul da Itália aprova projeto que multará as mulheres que ao usar trajes curtos, ou decotados, deixarem à mostra a roupa intima ou a falta dela.

Foto: Divulgação

Vista da costa de Castellammare, Napóles, Itália, a cidade que proíbe a minissaia

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Jornal de Notícias, Notícias R7, Heraldo Sun, Notizie Yahoo, Caserta News, RAI news, Metropolis Web

Castellammare di Stabia é uma simpática cidade napolitana, no sul da Itália, que entrou no noticiário internacional, nos últimos dias, por ter aprovado um regulamento instruindo a polícia municipal, entre outras coisas, a aplicar multas de R$ 59,9 (25 euros) a R$ 1.198 (500 euros) as mulheres que circularem de mini-saias ou vestidos curtos ou decotados demais, a ponto de deixarem visível, ou constate a ausência da lingerie.

O prefeito, Luigi Bobbio ficou rouco de explicar que, o que o regulamento, não inclui a proibição das mulheres usarem mini-saias em Castellammare e até ameaçou a imprensa italiana por estar vinculando falsas notícias, sobre o município, que acabaram espalhando-se pelo mundo.

Fotos: Arquivos

Não dá para compreender como multar , apenas por serem descuidadas, mulheres que sem querer são flagradas em situações como essa.

No detalhamento pode-se constatar que serão multadas as mulheres que usarem roupa tão curta que deixem as calcinhas à mostra, bem como blusas transparentes, que permita visualizar os soutiens ou calças e saias de cintura exageradamente baixa. Cofrinho então é crime de lesa pátria.

A bem da verdade o regulamento criminaliza também aqueles que jogarem bola na rua, que proferirem palavrões ou frases ofensivas em lugares públicos, que permaneçam em locais públicos sem camisa, ou que tomarem sol com trajes de banho nas praças e parques. Mas o que causou interesse e polêmica foram às restrições ao uso das minissaias.

Foto: Metropolis Web

Nos protestos se diz que o cérebro dos políticos são menores que as minissaias

Contra esse projeto, as mulheres do Partido Democrata italiano, organizaram uma concentração em frente ao edifício do Conselho Municipal protestando contra as normas que consideram "ofensivas para a integridade da mulher". Algumas delas, as que tinham preparo físico para tanto, desafiavam a polícia usando curtíssimas saias, “minigonna” em italiano, mas nenhuma foi multada ou presa.

Foto: Arquivos

Em Castellammare estas celebridades estariam todas multadas.

O regulamento é omisso se serão multadas as mulheres que transgredirem o regulamento acidentalmente. Como nos casos de ventania indiscreta, um movimento em falso ou durante a difícil manobra de entra e sair de um carro esportivo.

Nós do ”thepassiranews” apresentamos nossos protestos. Somos a favor de minissaias, mini-blusas, mini-vestidos. Apoiamos as transparências e as revelações e até ausência de lingerie. Em especial nas mulheres e nas filhas dos outros.


26 de out de 2010

ELEIÇÃO 2010: Programa de propaganda de Serra, hoje, 26 outubro

ELEIÇÕES 2010
Programa de propaganda de Serra, hoje
Com será o futuro do Brasil, sem Erenice , sem Valter Cardeal, com o MST dentro da lei, sem trambiques, escândalos, acordos com ditadores, embriaguez presidencial, fanfarice e falta de respeito a Constituição


BRASIL - LUTO: Morreu o senador Xerife Romeu Tuma

BRASIL - LUTO
Morreu o senador Xerife Romeu Tuma
O senador Romeu Tuma (PTB) morreu às 13h desta terça (26) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, por falência múltipla dos órgãos. O corpo dele vai ser levado para a Assembleia Legislativa de São Paulo, onde será velado. O enterro está marcado para as 15h desta quarta-feira (27) no cemitério São Paulo.

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Na última legislatura Tuma preocupado em proteger o filho, que estava num importante cargo no Ministério da Justiça do governo Lula resolveu sair do Democratas para o PTB.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Noticia UOL, Agencia Senado

O senador Romeu Tuma (PTB-SP), 79 anos, que morreu nesta terça, em São Paulo, é paulista de ascendência síria e estava internado na UTI do hospital desde o começo de setembro, para tratar de um quadro de insuficiência renal e respiratória. Ele, que sofria de diabetes e problemas cardíacos, permanecia ligado a aparelhos de diálise e de respiração artificial.

No último dia 2, foi submetido a uma cirurgia cardíaca, para colocação de um dispositivo de assistência ventricular que auxilia o coração, chamado Berlin Heart. Desde então, seguia internado.

Foto: Arquivo

Depois de acenar para Lula e o Partido dos Trabalhadores, na campanha, deste ano, acabou apoiando a candidatura de José Serra.

Nas últimas eleições, ele concorreu pela terceira vez ao Senado pelo PTB, mas desde o início da campanha a vitória era tida como improvável por conta da fragilidade de sua saúde. Ficaram com as vagas Aloysio Nunes (PSDB) e Marta Suplicy (PT). Tuma ficou em quinto lugar e obteve 3,9 milhões de votos (10,79%).

Antes de chegar ao PTB, militou pelo Democratas. Quando a legenda se chamava PFL, foi relator do processo de expulsão do então deputado federal Hildebrando Pascoal, acusado de serrar opositores. Também com parecer de Tuma, o partido expulsou o deputado estadual capixaba Carlos Gratz, por envolvimento com o crime organizado.

A vida de Tuma na política foi consequência de sua carreira como policial. Formado em Direito pela PUC-SP, foi investigador, delegado e diretor de polícia especializada na Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Em 1983, assumiu a Superintendência da Polícia Federal paulista e em seguida se tornou diretor-geral da PF, onde ficou até 1992.

Ainda nesse posto, acumulou os cargos de Secretário da Polícia Federal e Secretário da Receita Federal, quando instituiu a recepção de declarações do Imposto de Renda por meio digital. Também foi assessor especial no governo de São Paulo, na gestão de Luiz Antônio Fleury Filho.

Foto: Arquivo

Tuma foi um dos mais atuantes superintendente da história da Polícia Federal

Em 1995, assumiu mandato de senador pela primeira vez, eleito junto do hoje presidenciável José Serra (PSDB). Reelegeu-se em 2002 para atuar até 2011. No Congresso Nacional, foi eleito corregedor do Senado, cargo criado em 2006 e ocupado apenas por ele até hoje.

Entre seus principais trabalhos policiais, que o levariam a cargos políticos, estão a descoberta de ossadas de um dos mais procurados criminosos de guerra da Alemanha nazista, o médico Joseph Mengele, e a captura do mafioso italiano Thomazzo Buscheta, cujas confissões abalaram o crime nos EUA e na Itália.

Tuma também ficou conhecido por ter sido um dos policiais mais atuantes durante os anos do regime militar (1964-85), o que lhe rendeu o apelido de "xerife" e suspeitas de ligações com a ditadura.

Entre 1977 e 1983, foi diretor-geral do Dops (Departamento de Ordem Política e Social), órgão que ficou marcado por controlar e reprimir com rigor movimentos políticos e sociais contrários ao regime. Por conta disso, foi alvo de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal de São Paulo contra civis que tiveram participação em fatos da repressão na ditadura militar. Ele foi acusado de participar do funcionamento da estrutura que ocultou cadáveres de opositores do regime nos cemitérios de Perus e da Vila Formosa, em São Paulo, na década de 70.

Em maio deste ano, juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal de São Paulo, entendeu que Tuma sabia da ocultação do corpo de Flávio Carvalho Molina, militante de esquerda preso pelo DOI-Codi, órgão repressor da ditadura militar. A decisão do juiz contraria parecer do MPF que recomendou o arquivamento da ação.

Casado com a professora Zilda Dirane Tuma, teve quatro filhos e nove netos. Dos filhos, Robson teve quatro mandatos de deputado federal, Romeu Tuma Júnior foi secretário nacional de Justiça, mas acabou exonerado em meio a um escândalo, Rogério é médico neurologista e oncologista e cuidou do pai durante a internação no Sírio-Libanês, e Ronaldo é cirurgião dentista com especialização em identificação criminal.

Foto: Arquivo

Tuma foi o único corregedor que o senado possuiu desde a criação do cargo, em 2006.

Como faltam ainda quatro meses para o fim da legislatura, assumirá no lugar de Tuma o suplente Alfredo Cotait Neto, engenheiro, que como Tuma é descendente de libanês. Cotait é o atual secretário de Relações Internacionais da prefeitura de São Paulo, preside a Câmara de Comércio Brasil-Líbano desde 2001 e é vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo, com destaque na atuação em comércio exterior.


Pesquisa indica Brasil bem mais corrupto após Lula

BRASIL – CORRUPÇÃO
Pesquisa indica Brasil bem mais corrupto após Lula
A Transparência Internacional diz que o Brasil, de 2002 até agora, caiu 24 posições, ocupando a 69ª colocação, numa lista de 178. Hoje somos mais corruptos do que a Ruanda e empatamos com Cuba, na lista negra dos países mais corruptos do planeta. “É o grande legado de Lula e Dilma, refletido nesta campanha presidencial onde até ministro da Casa Civil cai porque contribuía com a sua influência para a "taxa de sucesso" dos filhos, que extorquiam milhões e milhões de empresários” – diz o Coronel de Coturno Noturno

Foto: Reuters

ACREDITE SE QUISER - Por incrível que pareça , Lula conseguiu ser tão corrupto quanto Fidel Castro, um feito impressionante

Postado por Toinho de Passira
Fontes: BBC Brasil, Estadão, Guardian, Coturno Noturno, Transparency Internacional – 2002 - PDF

O relatório anual da ONG Transparência Internacional, divulgado nesta terça-feira, indica que a percepção de corrupção no setor público do Brasil teve uma alta expressiva após a instalação do governo Lula, afundamos 14 posições, éramos, antes do PT assumir o poder, o 45º país menos corruptos na lista, agora estamos no 69º lugar, dividindo a posição com os companheiros de Cuba (que coincidência).

De zero a 10 em combate a corrupção tiramos 3,7 - a mesma nota do ano passado. No ranking da corrupção somos mais corruptos que Ruanda, Samoa, Gana, Macedônia, Croácia e Namíbia.

Estamos empatados também com Montenegro e Romênia. Apenas por um décimo, somos menos corruptos que El Salvador, Panamá e Trinidad e Tobago.

O Chile é o país sul-americano mais bem colocado no ranking, 21º lugar. Tirou uma nota que é quase o dobro da do Brasil, 7,2 e demonstrou uma expressiva evolução, pois no ano passado sua nota havia sido 6,7. Na America do sul, destaca-se ainda bem a nossa frente, o Uruguai, que se encontra na 24º posição.

As notas significam que numa escala de zero a dez, em que dez indica que os servidores são percebidos pela população como pouco corruptos e zero corresponde à percepção de corrupção disseminada.

No primeiro lugar empatados estão à Dinamarca, a Nova Zelândia e Singapura, com notas 9,3.

Destaque-se ainda que o Reino Unido encontra-se na 20ª posição, os americanos são os 22º e a França são os 25º.

Os argentinos são bem mais corruptos que o Brasil, o casal Kirchner, superam em muito Lula e estão na posição 105. Entre os grandes os russos são os mais corruptos, estão em 154º lugar. A última colocada é a Somália, com 1,1 ocupa a 178ª posição.

O companheiro boliviano Evo Morales, colocou o seu país na posição 110. O paraíso dos corruptos sul americanos é a Venezuela: Hugo Chávez levou o seu país ao 164º lugar, quase na rabeira da lista.

Chávez, porém, pode ser facilmente superado, pelo Brasil, em pouco tempo, basta que a gangue petista e associados ao ajuntamento de assaltantes do PMDB, continuem no poder.Ninguém tem a menor dúvida.

Foto: Reuters

Será que o companheiro venezuelano Hugo Chávez, é mesmo o campeão isolado em corrupção nas Américas? Defendemos que essa é uma falsa impressão, nossa teoria é que Lula é apenas mais eficiente que Chávez para esconder suas falcatruas.


"Antonio Nóbrega canta “Evocação n° 1” de Nelson Ferreira

Antonio Nóbrega canta "Evocação n° 1”
de Nelson Ferreira

Show em homenagem aos 100 anos de frevo. Realizado em Recife, no marco Zero, no Bairro do Rio Branco, em 09/02/2007, com a participação de importantes artistas pernambucanos e brasileiros
”passiravideo”


PERNAMBUCO: Flagelados da cheia de julho estão abandonados

PERNAMBUCO
Flagelados da cheia de julho estão abandonados
A BBC Brasil, mandou uma equipe a Água Preta-PE para ver o que foi feito até agora, na recuperação da cidade destruída pelas enchentes há quatro meses. Descobriu que como no Haiti, os flagelados continuam morando em barracas, e em cômodos de um hospital, sem condições de higiene e com riscos de epidemias. Vivendo da esperança que os políticos, depois das eleições, finalmente comecem a construir a nova Água Preta.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

Um dos poucos edifícios importantes que se manteve de pé foi a igreja

Postado por Toinho de Passira
Fontes: BBC Brasil

A matéria da jornalista Liz Throssell e da fotografa Emma Lynch, enviadas especiais da BBC Brasil a Água Preta (PE) diz que “Mais de quatro meses depois das enchentes que devastaram Alagoas e Pernambuco, dezenas de habitantes de Água Preta (PE), distante 125 km de Recife, continuam abrigados no hospital da cidade, enquanto outros permanecem em acampamentos.

Em 19 de junho, o Rio Una, que passa na localidade, transbordou depois de dias e dias de chuva forte e inundou as ruas. Com isto, o nome da cidade deixou de ser poético para se tornar tristemente descritivo.

A moradora Ana Lúcia da Silva, comenta que "Foi terrível". "Nós perdemos a maioria das nossas coisas na enchente. A minha casa ainda está de pé, só que a água rachou as paredes e ela está condenada".

As enchentes de junho de 2010 afetaram 181 mil pessoas em Alagoas e 83 mil em Pernambuco, com um saldo de mais de 40 mortos.

Dos 35 mil habitantes de Água Preta, 3,4 mil ficaram e ainda estão desabrigados.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

O hospital-maternidade é onde Ana Lúcia e outras 100 pessoas estão alojadas desde julho

Algumas famílias moram em abrigos de madeira, erguidos nos pátios de hospitais, enquanto outros desabrigados - entre eles, Ana Lúcia - moram dentro do próprio hospital. Cada família ocupa um quarto.

Ana Lúcia está consideravelmente otimista para quem perdeu tanto.

"Nós estamos conseguindo mantimentos. Comida, água, fraldas. Às vezes, a gente consegue roupas", ela diz.

Segundo Ana Lúcia, as pessoas que estão no hospital foram avisadas de que terão de permanecer em abrigos temporários por vários meses, mas que depois elas serão realocadas em casas que estão sendo construídas pelo governo(?)

Outras pessoas parecem menos otimistas. No hospital, duas mulheres sentadas à sombra dizem que há casos de pessoas doentes no local. Sabe-se que os riscos de epidemias nesses casos são enormes.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

Cenário de guerra, após a devastadora enchente do Rio Una

A área próxima ao Rio Una parece o cenário de um bombardeio, com escombros e madeira jogados pelas margens. O cheiro de terra úmida se mistura ao odor de esgoto não-tratado.

Casas exibem um sinal de "OK" em amarelo. Trata-se de uma marca deixada por trabalhadores da Defesa Civil para mostrar que todas as pessoas da residência haviam sido encontradas.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

Casa marcadas pela defesa civil, com o OK, que quer dizer que todas as pessoas da família sobreviveram a catástrofe.

Os desabrigados de Água Preta também estão sendo hospedados em acampamentos espalhados em volta da cidade.

Um deles, situado em uma área mais alta, dá a seus 173 residentes não só uma vista para o rio que causou os problemas, mas também uma visão de suas possíveis vidas futuras.

Autoridades locais dizem que casas serão construídas em uma colina próxima, em uma área que será chamada de Nova Água Preta.

Por enquanto, as pessoas estão mais preocupadas com a rotina diária no acampamento. Trabalhadores da saúde visitam os desabrigados em suas barracas, enquanto autoridades do governo estadual ajudam a providenciar suprimentos.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

Riscos de epidemia nos acampamentos, como a que está acontecendo no Haiti, são permanentes

Contêineres enormes ocupam o perímetro do acampamento como baleias encalhadas. Dentro deles estão os móveis que cada família conseguiu salvar.

Dadas as perdas e os deslocamentos que estas pessoas enfrentaram, o desafio agora é assegurar que elas cuidem do acampamento e de sua higiene, diz Loursileide Rodrigues da Silva, funcionária do programa Operação Reconstrução, do governo estadual.

"Um dos maiores problemas que nós temos são as latrinas", diz.

Com as famílias obrigadas a morar tão perto uma da outra em suas barracas, problemas podem surgir rapidamente.

"Nós botamos no papel como as pessoas devem morar, estipulando o que não é aceitável, como, por exemplo, jogar lixo para fora de sua tenda ou maltratar as crianças", diz Loursleide.

"Outra regra é que as crianças não podem andar sem sapatos", afirma. Enquanto ela fala, um menino sem sapatos brinca alegremente próximo de sua barraca, junto de outras crianças.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

Famílias “hospedadas” no hospital, há quatro meses e sem previsão para sair

Como O governo de Pernambuco diz que 5 mil casas estão sendo construídas, embora ninguém consiga vê-las, ou porque elas ainda são projetos e só existam no papel, na imaginação do povo, que continuam a acreditar no pacote de promessas, que sempre acontece em épocas eleitorais.

O governo Lula sempre se auto proclama como preocupado com os seus programas sociais, nunca cuidou com propriedade das vítimas de catástrofes, pelo menos no território nacional.

A jornalista da BBC afirma acreditar que muitos dos desabrigados devem ficar ainda meses no acampamento. Lembrar que em Alagoas, existem desabrigados que estão num presídio abandonado há 12 anos.

"Ainda hoje há pessoas que não se recuperaram das enchentes de 2000", diz Maria de Lourdes Nascimento, da Associação de Mulheres de Água Preta.

Ela diz, no entanto, que a ajuda do governo desta vez foi muito melhor.

O nível da destruição em Pernambuco fica mais evidente quando se deixa Água Preta para chegar à cidade de Palmares.

Lá, o Rio Una literalmente cortou os fundos das casas que ficavam próximos da água, deixando o interior das residências cruelmente exposto.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

O que restou da velha Água Preta.

Adeilda Severina Teixeira, cuja casa fica poucas ruas distante do rio, diz que a água tomou todo o seu primeiro piso. As casas de alguns de seus vizinhos ficaram submersas.

A água manchou as paredes de sua cada, que ainda está escassamente mobiliada e coberta com uma poeira avermelhada, legado da lama depositada pela água das cheias.

Em setembro, engenheiros recomendaram a destruição de construções distantes 50 metros ou menos do rio em Palmares, devido ao risco de cheias frequentes naquela área.

Mas Adeilda diz que havia muita incerteza em sua vizinhança sobre o futuro. "Eu não sei se a minha casa é considerada segura", afirma.

Assim como em Água Preta, acampamentos foram montados para abrigar as pessoas que perderam suas casas.

Adeilda diz que conhece várias pessoas que voltaram para suas residências ameaçadas, ou então se espremeram nas casas de parentes, em vez de ocupar as barracas.

Foto: Emma Lynch/BBC Brasil

"É muito humilhante no acampamento, ter que fazer fila para tudo" diz Adeilda.

Foi preciso a BBC Brasil, ocupa-se em fazer uma matéria sobre os atingidos pelas cheias em Água Preta-PE, para que se soubesse o descaso com são tratados essas vítimas das enchentes e do poder público, quatro meses após a catástrofe. Nem um grande jornal pernambucano, ou da mídia nacional preocupou-se em pautar uma matéria sobre esses pobres nordestinos, esquecidos e abandonados a própria sorte.


*“Atingidos por enchentes em PE moram desde junho em hospital” é o título original da matéria de Emma Lynch para a BBC Brasil
**Acrescentamos subtítulo, legendas nas fotos, comentários adicionais e suprimimos parte do texto original que pode ser lido integralmente no Portal da BBC Brasil

25 de out de 2010

BRASIL - CORRUPÇÃO: Erenice se desmente, em depoimento na Polícia Federal

BRASIL - CORRUPÇÃO
Erenice se desmente, em depoimento na Polícia Federal
A ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra admitiu nesta segunda-feira à Polícia Federal que se encontrou com o consultor Rubnei Quícoli, que foi procurado pelo filho dela para viabilizar um empréstimo bilionário com o BNDES. O depoimento contraria a própria versão de Erenice quando ministra da Casa Civil e que o governo sustenta até hoje de que não se encontrou com o empresário.

Fotos: Alan Marques /Agencia Folha

Erenice, a amiga do peito e braço direito de Dilma, estava tão preocupada em se esconder da imprensa que acabou revelando mais que devia

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Blog do Josias de Souza

Erenice Guerra prestou depoimento à Polícia Federal nesta segunda (25). Foi inquirida durante cerca de quatro horas. Em dado momento, a ex-braço direito de Dilma Rousseff deu uma resposta que injetou contradição no inquérito do Erenicegate. A ex-ministra admitiu à polícia que se encontrou, na Casa Civil, com o consultor Rubnei Quícoli.

Até aqui, Erenice e o governo negavam que esse encontro houvesse ocorrido. Admitia-se que Rubnei estivera no Planalto. Mas dizia-se que ele se reunira apenas com um assessor, não com Erenice.

Rubnei é aquele consultor que negociou com o grupo de Israel Guerra, o filho de Erenice, a obtenção de empréstimo no BNDES. Um financiamento de R$ 9 bilhões à empresa EDRB. Coisa destinada a um projeto de energia solar no Nordeste.

Na versão de Rubnei, corroborada pelos sócios da EDRB, a empresa não quis pagar propina ao grupo que traficava influência sob Erenice. E o negócio desandou. As tratativas foram iniciadas em novembro de 2009, quando Erenice ainda era a segunda de Dilma Rousseff.

Ela só herdou a cadeira de ministra em fins de abril de 2010, quando Dilma virou candidata à sucessão de Lula. Rubnei revelou suas incursões pelo submundo da Casa Civil numa reportagem veiculada pela Folha.

A notícia compôs o pano de fundo que tornou insustentável a permanência de Erenice no governo.

Advogado da ex-ministra, Mário de Oliveira Filho, disse que sua cliente reconheceu à PF que "houve um encontro oficial, marcado pela assessoria dela”. Acrescentou: “Foi uma reunião de uma hora e quinze minutos, na qual ela participou por 30 minutos. Foi uma conversa rigorosamente técnica".

No esforço que empreendeu para desmerecer o noticiário, o governo e o PT sempre se referiram a Rubnei como um “bandido”, com passagem pela polícia. Pois bem. Descobre-se agora que Erenice admite ter se reunido com o desqualificado, no Planalto, em ambiente que fica a um lance de escada do gabinete de Lula.

Ao levar o caso às manchetes, Rubnei contara que a EDRB fora orientada a firmar contrato com a Capital, empresa de lobby do filho de Erenice. Pagaria R$ 40 mil mesais, mais 5% sobre o valor do empréstimo do BNDES. Cobrada em fevereiro de 2010, a empresa diz que se recusou a pagar. Segundo o advogado de Erenice, “ela nunca autorizou ninguém, nem o filho [Israel], a falar em nome dela para gerenciar qualquer negócio”. No dizer de seu defensor, Erenice apenas deu ao caso “os encaminhamentos devidos”, direcionando a EDRB à estatal que cuida de energia solar.

Erenice já havia admitido um encontro com outro consultor que se serviu dos bons préstimos do filho para azeitar negócios na Anac e nos Correios.Chama-se Fábio Baracat. Neste caso, a ex-ministra diz que recebeu o personagem em casa, na condição de “amigo” do filho.

Erenice também falou à PF sobre a ruma de parentes empregados em diferentes órgãos do governo e sobre os amigos do filho abrigados na Casa Civil. A ex-ministra disse que jamais agiu para beneficiar parentes no governo. Quanto aos amigos do filho, ganharam emprego que por questões técnicas.

Tomada pelo que diz, Erenice não tem nada a ver com nada. Se houve nepotismo, favorecimento e outros malfeitos, foi tudo à sua revelia. Ao sair da PF, Erenice fugiu da imprensa. Para evitar as lentes dos fotógrafos, refugiou-se na garagem de um edifício. Esforço vão, como se pode constatar pelas reveladoras imagens clicadas pelo repórter Alan Marques.


*Acrescentamos subtítulo, legenda das fotos ao texto original


ELEIÇÕES 2010: Serra é aclamado em Copacabana

ELEIÇÕES 2010
Serra é aclamado em Copacabana
Neste domingo o candidate voltou ao Rio de Janeiro, para fazer uma caminhada na praia de Copacabana no Rio de Janeiro, acompanhado de líderes nacionais que o apóiam, num marcha cheia de otimismo e alto astral, numa represália pacifica aos que procuram transformar a campanha política num ato de ódio e violência.

Foto: Associated Press

Serra teve uma recepção animada na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, onde liderou a votação no primeiro turno.

Postado por Toinho de Passira
Fontes: Reuters, Ultimo Segundo, Estadão

A passeata da paz, neste domingo, conduzida pelo candidato do PSDB à Presidência, José Serra, acompanhado de importantes lideranças nacionais, foi acolhida com carinho pelos cariocas, que queriam demonstrar, em clima de festa e otimismo, um desagravo pelas hostilidades sofridas pelo tucano, na última semana, em Campo Grande.

Acompanhado do ex-presidente e senador eleito Itamar Franco (PPS), do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), do senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG), entre outros, Serra ressaltou que o governo deve ser visto como "uma entidade de todos e não de um partido e não de um grupo de interesses".

"Foi assim com Itamar, foi assim com (o ex-presidente) Fernando Henrique (Cardoso). Ambos presidiram a transição do governo com dignidade", afirmou Serra, que discursou do alto de um carro de som. O tucano também estava acompanhado por seu vice, Indio da Costa e pelo governador eleito de Minas, Antonio Anastasia (PSDB) e da governadora eleita do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino Maia.

"O presidente Fernando Henrique, que eu fui o candidato, presidiu com dignidade, não foi além de declarar seu voto. Hoje nós vemos o contrário, é o governo deixar de lado para se encarnar num partido, se encarnar numa candidatura", afirmou, numa referência ao presidente Lula, que tem participado da campanha de sua candidata, Dilma Rousseff, de forma das mais extravagante e agressiva.

Foto: Reuters

Os bonecos de José Serra, que acompanhavam a carreata tinham curativos na testa, mostrando o bom humor saudável dos tucanos

Lula também esteve na mira de Itamar, que ironizou a frase recorrente do presidente: "Nunca antes na história deste país." Para o ex-presidente, Lula esquece a Constituição Federal e nega o Tribunal Superior Eleitoral. "O presidente esquece que ele não inventou o Brasil", disse. José Serra iniciou o ato de campanha com caminhada pela orla, para em seguida subir em um carro de som, de onde acenou a moradores que o saudavam da janela, e foi acompanhado por simpatizantes com bandeiras e aplausos. Do alto do caminhão, pendia um faixa que trazia escrita a frase: chega de corrupção.

Serra fez um apelo ao que chamou de um "governo que tenha caráter, que se traduza na verdade e na honestidade". "Não podemos viver uma situação de mentira permanente", disse. Também citou "escândalos" ligados ao PT que ficam sem punição. "Chega de escândalos. São três ou quatro por semana que têm aparecido", disse.

Foto: Leo Drumond/Nitro

Copacabana foi inundada por um mar de serristas

"A justiça dos companheiros é sempre mais suave, lenta, que não anda, que é obstruída. Vejam o que aconteceu com o dossiê dos aloprados, com todos esses escândalos e ninguém na cadeia até hoje", afirmou, referindo-se ao caso em que petistas foram acusados de produzir um dossiê na campanha de 2006.

O tucano também falou sobre a Petrobras, cuja sede fica no Rio e tem sido citada pela campanha petista, sob alegação de que o tucano seria favorável à sua privatização.

"Defendo a Petrobras como uma empresa estatal que deve servir ao povo brasileiro e não como cabide de emprego, como instrumento de negócios, como elemento de coesão de uma aliança espúria para governar nosso país. O coro foi engrossado também por Itamar. "Eles costumam dizer que Serra vai agir contra a Petrobras, que Serra vai agir contra os interesse nacionais", afirmou Itamar, sem poupar a adversária. "Quem é que pode garantir que se ela chegar lá ela não fará isso?"

Foto: Silvia Izquierdo/AP

Não podia faltar uma mulata “serrista” para dá um tom carioca a festa

Na reta final antes do dia 31, a estratégia, segundo o deputado federal e presidente do DEM, Rodrigo Maia, será buscar eleitores indecisos e os que podem mudar, além de fazer comparação de forma permanente do currículo de Serra e Dilma. "E não aceitar esse tipo de intimidação que o PT e o presidente da República tentam nos impor", disse à Reuters.

"Por que o Serra está aqui, porque ele ganhou a eleição na zona sul do Rio, Marina (Silva, do PV) ficou em segundo e Dilma em terceiro", disse o ex-prefeito do Rio Cesar Maia.


Dilma-Dossiê Fotocharge de Toinho de Passira - “thepassiranews” (PE)



Toinho de Passira- “thepassiranews” (PE)